Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Jogador de Trinidad e Tobago morre devido à hemorragia cerebral

Budapeste (Hungria)

O mundo do futebol recebeu uma notícia triste nesta segunda-feira. O zagueiro Akeem Adams, do time húngaro Ferencvaros, faleceu após sofrer uma hemorragia cerebral. O jogador de Trinidad e Tobago já estava há alguns meses internado em um hospital à espera de um transplante de coração.

Adams sofreu uma parada cardíaca quando retornou para casa após um treinamento de seu clube no mês de setembro. O acidente exigiu que o atleta canhoto fosse submetido a três intervenções cirúrgicas em Budapeste, incluindo a amputação justamente de sua perna esquerda.

A operação resolveu parcialmente as complicação de Adams, que se encontrava em quadro estável de acordo com as informações dos médicos. Enquanto aguardava o transplante de coração, o defensor sofreu uma hemorragia cerebral, não resistiu e faleceu nesta segunda.

AFP
Akeem Adams pouco atuou com a camisa do Ferencvaros, tradicional clube do futebol húngaro
“Temos a dolorosa missão de anunciar a morte do nosso jogador”, publicou a diretoria do Ferencvaros em seu site oficial. Adams disputou apenas seis partidas no time húngaro, pelo qual foi contratado na última janela de transferências.

Em Trinidad e Tobago, atuou pelo United Petrotrin, pelo W Connection e pelo Central FC. Com a camisa da seleção tobaguenha, participou das campanhas do Mundial sub-17 de 2007 e do sub-19 dois anos depois, além de ser convocado para algumas partidas do time principal nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade