Futebol/Mundial de Clubes - ( - Atualizado )

Kalil paga salários atrasados e se juntará ao Galo no Marrocos

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

Com o dinheiro da venda do meia-atacante Bernard preso na Fazenda Nacional, o Atlético-MG vinha encontrando problemas para pagar os salários dos jogadores, que estavam atrasados há quase dois meses. O presidente Alexandre Kalil, porém, conseguir quitar o débito com os atletas e vai seguir para Lisboa, em Portugal, para em seguida se juntar ao time do Galo, que vai disputar o Mundial de Clubes, no Marrocos.

“O presidente tinha de ficar aqui para pagar salário, colocar a folha em dia, que não estava e eu consegui colocar”, disse Kalil, em entrevista ao canal fechado Fox Sports.

O mandatário atleticano disse ainda que se sente orgulhoso de colocar o Galo na disputa para ser o melhor time do mundo, feito alcançado com a inédita conquista da Libertadores em 2013. Kalil, já pensa, inclusive, no bicampeonato da América.

“Vamos dormir em Lisboa e no domingo estaremos com o elenco, pensando no Mundial. Acho muito orgulho conseguir levar o Atlético-MG ao campeonato mais importante do mundo, me sinto muito orgulhoso, de estar de novo na Libertadores, mas se vier o bicampeonato vou ficar muito feliz", declarou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade