Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Klopp reconhece temporada difícil e exalta reservas do B.Dortmund

Dortmund (Alemanha)

Vice-campeão nacional e europeu na temporada passada, o Borussia Dortmund vive uma temporada inconstante. Quarto colocado no Campeonato Alemão, com 32 pontos, distando 12 do líder, Bayern de Munique, os comandados de Jurgen Klopp enxergam os bávaros se isolarem no topo da tabela. Em contrapartida, na Liga dos Campeões da Europa, o BVB terminou a primeira fase no primeiro posto do Grupo A, à frente de Arsenal-ING e Napoli-ITA. Neste contexto, Klopp fez questão de realizar um balanço sobre o ano, onde deixou de lado a lamentação pelas lesões para exaltar os jogadores que assumiram a titularidade emergencial.

“É a temporada mais difícil da minha carreira de treinador, mas não tem a ver com as lesões. Não há relação. O bom é que Durm, Sarr, Hofmann e outros ganham a chance de jogar em alto nível. É um prazer trabalhar com esses caras. Você lida com a pressão de ter que ganhar. Somos reconhecidos como uma equipe de ponta e seremos lembrados assim”, expressou em entrevista ao Rheinische Post, minimizando as ausências de Hummels, Subotic, Piszczek, Schmelzer e Gündogan.

Em 2014, o primeiro compromisso do Borussia Dortmund será no dia 25 de janeiro, quando recebe o Augsburg, no Westfalenstadion, às 12h30 (de Brasília). Na próxima fase da competição internacional, a equipe alemã terá pela frente os russos do Zenit. O jogo de ida será no dia 25 de fevereiro, terça-feira, às 14 horas, em São Petesburgo.

AFP
Jurgen Klopp concebeu esta temporada como a mais difícil de sua carreira, mas não culpou as lesões

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade