Futebol/Bastidores - ( )

Luta contra queda atrasa planejamento do São Paulo: “Preço é alto”

Bruno Oliveira, especial para a GE.NET São Paulo (SP)

Presente na zona de rebaixamento em dez rodadas nesta edição do Campeonato Brasileiro, o São Paulo passou por uma das maiores crises de sua história recente e foi fortemente ameaçado de sofrer queda para segunda divisão. Agora, já com permanência garantida na elite do futebol nacional em 2014, o treinador do time tricolor, Muricy Ramalho, lamentou o atraso no planejamento causado pelo momento ruim.

“Ficamos bastante atrasados por causa da situação que estávamos. O preço de brigar para não cair é muito alto, as pessoas não têm ideia. Atrasa planejamento, negociações e valorização do clube. Sempre bato na tecla que não podemos errar quando conversamos sobre a equipe. Devemos ter, no máximo, 10% de erro nas contratações”, afirmou o técnico.

Nesta temporada, o clube tricolor realizou investimentos que não surtiram efeitos. Principal contratação para este ano, o zagueiro Lúcio foi afastado em julho por causa de problemas disciplinares e, mesmo com contrato para 2014, está fora dos planos de Muricy Ramalho. O lateral esquerdo argentino Clemente Rodríguez (ex-Boca Juniors) foi outro que não deu retorno esperado. O atacante Silvinho (ex-Penapolense), o lateral direito Caramelo (ex-Mogi Mirim) e o meio-campista Roni (ex-Mirim e emprestado ao Goiás) também não deram certo.

Para o próximo ano, o São Paulo ainda busca realizar alguns ajustes em seus bastidores. O goleiro Rogério Ceni e o treinador Muricy Ramalho ainda não divulgaram publicamente, mas devem acertar renovação contratual. O centroavante Aloísio, o atacante Osvaldo e o meio-campista Jadson são alguns dos que têm futuro incerto, podendo ser negociados. Por outro lado, o lateral direito Luís Ricardo, da Portuguesa, é reforço garantido.

“A dificuldade existe em todos os sentidos, os outros clubes já iniciaram conversas. Teremos que correr um pouco mais, mas o São Paulo sempre conseguiu, mesmo em cima da hora, montar bons elencos. Ficaremos o mês todo acompanhando, já conversei com o Milton Cruz (auxiliar) para ficarmos em cima”, encerrou Muricy Ramalho.

O São Paulo encerra seus compromissos desta temporada neste domingo, às 17 horas (de Brasília), quando mede forças com Coritiba, no estádio Novelli Júnior, em partida válida pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clube tricolor ocupa a nona colocação na tabela de classificação da competição nacional, com 50 pontos, enquanto o adversário alviverde é o 16º colocado, com 45 pontos, e ainda corre risco de ser rebaixado.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade