Futebol/Mercado - ( )

Marcelo Oliveira prioriza Palmeiras, mas renovação segue indefinida

William Correia e Helder Júnior São Paulo (SP)

As dificuldades do Palmeiras em, ao menos, manter jogadores que participaram da campanha do título da Série B do Brasileiro aparecem até mesmo com reservas. O clube tem o direito unilateral de renovar com Marcelo Oliveira, apesar de o volante pertencer ao Cruzeiro, e conta com a prioridade dada pelo jogador, mas sua permanência ainda não está garantida.

“Ainda não está nada definido”, disse Nick Arcuri, empresário do jogador, à Gazeta Esportiva.net. As negociações entre o agente e a diretoria do Verdão se mantêm com o desejo de ambos na prorrogação do vínculo, mas o acordo não está próximo.

“O Palmeiras fez uma proposta, a gente fez uma contraproposta, o Palmeiras fez uma contraproposta da contraposta, a gente fez uma contraproposta da contraproposta da contraproposta... Por aí, vai. Estamos esperando”, contou Arcuri, sorrindo.

Apesar da dificuldade, Marcelo Oliveira quer continuar no clube e o técnico Gilson Kleina solicitou a sua permanência, já que considera bastante útil a capacidade do atleta em atuar no meio-campo, na lateral esquerda e até como zagueiro.

Diante da situação, os representantes do jogador, por enquanto, só conversam com o Verdão. “Apalavrei com o Palmeiras. Enquanto a gente não definir, seja pelo sim ou pelo não, não vou conversar com outros clubes. Se fizer isso, faria um leilão desnecessário”, explicou Arcuri.

Mesmo na reserva ou machucado em boa parte da temporada, Marcelo Oliveira atuou em 28 dos 68 jogos do clube no ano. O volante chegou em fevereiro ao lado de Charles na negociação que levou Luan ao Cruzeiro e assinou contrato até o próximo dia 31. Para permanecer com ele por mais um ano, basta o Verdão acertar seus salários.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Clube só precisa acertar salários para renovar com o volante, que quer ficar, mas não consegue fechar acordo

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade