Futebol/Campeonato Espanhol - ( - Atualizado )

Martino já admite possibilidade de não contar com Messi em janeiro

Barcelona (Espanha)

O Barcelona poderá ter que esperar um pouco além do imaginado para voltar a contar com o seu principal jogador. Com uma problemática lesão na coxa esquerda, Lionel Messi tem chances de retornar aos gramados somente depois de janeiro, mês inicialmente previsto para a sua recuperação. A possiblidade já é, inclusive, tratada como natural pelo treinador da equipe catalã, Gerardo Martino.

“Ele está trabalhando como planejado, completando diferentes estágios de sua recuperação. Esperamos que ele esteja pronto no início de janeiro, mas o mais perto que chegarmos, veremos se ele precisará de mais algum tempo. Não podemos garantir quando ele estará pronto. O que nos interessa mais é que se se recupere completamente”, declarou Martino.

Lionel Messi se contundiu durante a partida diante do Bétis, em 10 de novembro, quando teve de ser substituído por Andrés Iniesta ainda no primeiro tempo. Inicialmente fora até 2014, ele está na Argentina há cerca de uma semana realizando tratamento intensivo de sua lesão na coxa esquerda. A intenção do Barça é enviar o preparador físico Elvio Paolorosso ao país sul-americano até o dia 12 de dezembro para realizar uma espécie de mini pré-temporada com o camisa 10.

AFP
Com lesão na coxa esquerda, Messi segue realizando tratamento intensivo na Argentina; Volta não será antecipada

Tudo isto para evitar que o jogador retorne aos gramados precocemente e corra o risco de agravar a sua lesão, algo que vem acontecendo desde o ano passado, quando ele se contundiu pela primeira vez, durante as quartas de final da Liga dos Campeões da Europa, diante do Paris Sain-Germain, e não voltou ao 100% de suas condições em nenhum momento. Além de Paolorosso, o médico Ricard Pruna também irá à Argentina para avaliar o craque.

Na última terça-feira, o técnico da seleção argentina, Alejandro Sabella, elogiou o ânimo de Messi. Eles tiveram contato exatamente no CT da Albiceleste, local no qual o jogador vem trabalhando arduamente. “Eu o vi duas vezes e conversamos um pouquinho. Na segunda-feira, ele se movimentou um pouco no campo e está bem. Senti que está bem de ânimo. Devemos ser pacientes, porque é uma lesão que leva tempo, mas ele vai se recuperar e estará bem”, disse Sabella, que espera ter o melhor jogador do planeta nos últimos quatro anos em boas condições para a disputa da Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade