Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Muricy vê elenco forte como fator fundamental para renovação de Ceni

Bruno Oliveira, especial para a GE.NET São Paulo (SP)

Aos 40 anos de idade e titular absoluto do São Paulo, o goleiro Rogério Ceni tem contrato com o clube tricolor até o final deste ano e ainda não divulgou publicamente se continuará atuando profissionalmente em 2014. Atual treinador do camisa 1 e respeitado pelo atleta, Muricy Ramalho acredita que os planos da diretoria presidida por Juvenal Juvêncio para próxima temporada serão fator fundamental para permanência ou não do goleiro.

“Acho que é esse empurrãozinho (reforços) que falta para ele bater o martelo. Conheço o Rogério e sei o que ele pensa. Ele é muito parecido comigo, pois temos uma história dentro do São Paulo. O fracasso para alguém que está aqui há bastante tempo é algo muito significativo. Eu sinto isso nele, sei qual é seu pensamento sobre a continuidade”, afirmou o técnico em entrevista concedida no Centro de Treinamento da Barra Funda, nesta sexta-feira.

Em 2013, Rogério Ceni sofreu lesão no pé direito e precisou ficar alguns jogos afastados. Apesar do problema físico, o goleiro entrou em campo em 66 oportunidades, sendo todas como titular, e marcou seis gols. Além disso, alcançou o recorde de partidas de um atleta por um só clube no futebol brasileiro, chegando à marca de 1.119 jogos pelo time tricolor. Anteriormente, Pelé, com 1.116 embates pelo Santos, liderava a lista.

“Tenho amizade com ele para dizer que não daria mais, mas ele está inteiro para jogar. Pode atuar por mais um ano facilmente. É um cara que está bem de vida, que pensa que devemos ter um time forte. Ele é uma pessoa muito importante nesse processo, pois é um exemplo e faz os jogadores serem mais profissionais”, encerrou o treinador.

O São Paulo encerra seus compromissos desta temporada neste domingo, às 17 horas (de Brasília), quando mede forças com Coritiba, no estádio Novelli Júnior, em partida válida pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clube tricolor ocupa a nona colocação na tabela de classificação da competição nacional, com 50 pontos, enquanto o adversário alviverde é o 16º colocado, com 45 pontos, e ainda corre risco de ser rebaixado.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade