Futebol/Mundial de Clubes - ( - Atualizado )

No sufoco, Raja Casablanca passa por Auckland City e pode encarar o Galo

Agadir (Marrocos)

Anfitrião do Mundial de Clubes da Fifa, o Raja Casablanca confirmou no sufoco o favoritismo sobre o Auckland City e garantiu vaga nas quartas de final da competição com vitória por 2 a 1. Agora, o time marroquino tem pela frente o Monterrey, em duelo que define o adversário do Atlético-MG na semifinal.

Empurrado pela torcida local, o Raja Casablanca dominou o primeiro tempo de jogo. Após desperdiçar uma chance clara, Iajour aproveitou belo passe de Karrouchy e, frente a frente com o goleiro Williams, bateu colocado para abrir o placar, aos 38 minutos.

A vantagem no marcador deu ânimo extra para o time da casa, que seguiu no ataque na etapa final. Logo aos seis, Moutaouali acertou a trave e quase ampliou o placar. Uma falha grotesca da zaga do Raja, no entanto, permitiu o empate do Auckland City. Aos 17, dois defensores tentaram afastar a bola ao mesmo tempo e deixaram a bola livre para Krishna tocar com tranquilidade na saída do goleiro Askri.

Sem se abalar, o Raja Casablanca seguiu no campo de ataque, sem a mesma eficiência. Quando tudo indicava que a partida iria para a prorrogação, Hafidi aproveitou rebote de Williams para marcar o segundo gol e sacramentar a classificação do time da casa, já nos acréscimos.

Esta foi a primeira vitória da equipe do Marrocos em quatro participações no Mundial de Clubes. Já o Auckland City conhece sua terceira eliminação consecutiva na primeira rodada da competição. Agora, o Raja Casablanca duela com o Monterrey (MEX) por vaga na semifinal do torneio, contra o Atlético-MG. A partida está programada para as 17h30 (de Brasília) deste sábado.

AFP
Raja Casablanca precisou de gol no último minuto para garantir classificação

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade