Futebol - ( - Atualizado )

Odebrecht promete findar horas extras e contratar 80 operários em Itaquera

São Paulo (SP)

A Odebrecht, empresa responsável pela construção do estádio do Corinthians, assinou nesta quinta-feira um termo de compromisso com o Ministério do Trabalho e Emprego. O acordo prevê o fim das horas extras dos operadores de guindastes e a contratação de 80 novos profissionais para toda a obra.

O MP passou a investigar com maior afinco os procedimentos em Itaquera após o acidente do último dia 27. A queda de um guindaste, que tentava instalar a última estrutura metálica da cobertura da arena, matou dois operários e causou danos na área leste da construção.

Houve uma denúncia de que o operador da máquina do acidente estava havia mais de duas semanas sem folga, algo inicialmente negado pela empreiteira. Mesmo assim, ela entrou em um acordo para que os funcionários responsáveis pela condução dos guindastes trabalhem apenas o período previamente estabelecido.

Apesar do acerto, a Odebrecht fez questão de ressaltar que a jornada de trabalho em vigor até agora foi acertada em conjunto com o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção Civil Pesado. Segundo a empreiteira, tudo já estava “de acordo com a legislação trabalhista”.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade