Futebol/Campeonato Italiano - ( - Atualizado )

Palacio marca de letra no fim, e Inter vence clássico contra o Milan

Milão (Itália)

Um jogo equilibrado marcou o clássico entre Internazionale e Milan, disputado neste domingo no estádio Giusepe Meazza e vencido pela equipe nerazzurri por 1 a 0. O placar foi aberto apenas aos 41 minutos da segunda etapa, com um gol de letra marcado pelo argentino Palacio.

O técnico da Seleção Brasileira, Luiz Felipe Scolari, compareceu ao estádio para observar os jogadores brasileiros. Convocado para os últimos amistosos, contra Chile e Honduras, Robinho não entrou em campo. Já Kaká, que ainda sonha com uma vaga na Copa do Mundo de 2014, jogou durante os 90 minutos e teve atuação regular.

Com o resultado, a Inter chegou aos 31 pontos e manteve a quinta colocação, que garante vaga na próxima edição da Liga Europa. Já o Milan terminou a 17ª rodada na 13ª posição, com 19 pontos.

O clássico de Milão foi a última partida do Campeonato Italiano em 2013. A Inter volta a campo dia 6 de janeiro, quando visita a Lazio, enquanto o Milan enfrenta a Atalanta em casa, no mesmo dia.

AFP
Principal jogador da Inter na partida, o ex-jogador do Boca Juniors garantiu os três pontos ao time nerazzurri
O jogo - Aos 11 minutos da primeira etapa, Kaká fez jogada individual e, com a perna esquerda, finalizou da entrada da área. O goleiro Randanovic espalmou a bola e, no rebote, sofreu falta de Mario Balotelli.

Aos 22, Muntari avançou com a bola dominada e chutou rasteiro de fora da área. Sem muita direção, a bola passou ao lado esquerdo do gol da Inter.

Poli perdeu chance preciosa aos 29. Depois de escanteio cobrado por Kaká, Randanovic saiu mal do gol, e a bola se ofereceu na pequena área ao jovem milanista, que exagerou na força e finalizou por cima da meta.

Um lance polêmico envolvendo o atacante Palacio e o zagueiro Zapata aconteceu aos 39. O argentino da Inter recebeu cruzamento por baixo, tentou girar sobre a marcação do adversário e foi derrubado dentro da área. O árbitro julgou como normal o lance, e nada marcou.

Cambiasso teve a chance de tirar o zero do placar no último lance do primeiro tempo, aos 47 minutos. O volante aproveitou cruzamento de Taider e cabeceou buscando o ângulo direito de Abbiati, mas a bola foi para fora.

Aos sete e aos dez da segunda etapa, Balotelli teve duas oportunidades. Primeiro, recebeu cruzamento de Emmanuelson e, sem ângulo, rematou para boa defesa de Randanovic. Depois, o camisa 45 do Milan recebeu passe da esquerda e emendou de trivela, vendo a bola passar perto da trave esquerda da Inter.

AFP
O polêmico Mario Balotelli foi o jogador rubro-negro que mais causou problemas à defesa da Internazionale
Abbiati salvou o Milan aos 35 minutos. Dentro da área, Palacio recebeu no mano a mano com Bonera, girou sobre a marcação do zagueiro e finalizou rasteiro, para boa defesa de Abbiati.

O gol da vitória foi marcado apenas aos 41 minutos. Guarin recebeu passe pela direita e cruzou rasteiro para Palacio, que tirou a bola do alcance de Abbiati com um sutil toque de letra.

Já nos acréscimos, Muntari foi expulso por agredir Kuzmanovic, que segurou a bola para retardar o reinício da partida após falta de Jonathan em cima de Kaká.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade