Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Paulo André admite que torcida salvou “jogo fraco” do Corinthians

Helder Júnior São Paulo (SP)

Tite se despediu do Pacaembu com um placar que colaborou para não renovação do seu contrato: 0 a 0. Cobrado pelas dificuldades ofensivas de sua equipe e pelos sucessivos empates em 2013, o técnico viu o Corinthians ser novamente pouco criativo diante do Internacional, na noite deste sábado.

“O show ficou com a torcida, pois foi um jogo fraco”, reconheceu o zagueiro Paulo André, que organizou novo protesto do Bom Senso FC – movimento em prol de melhorias no calendário do futebol brasileiro – antes do duelo.

Sem se importar com o mau rendimento do Corinthians, os torcedores que foram ao Pacaembu fizeram muita festa para o técnico Tite, que será substituído por Mano Menezes em 2014, o lateral direito Alessandro, a um jogo da aposentadoria, e até o atacante Jorge Henrique, hoje no Inter.

“Estamos vendo amigos irem embora. É um ciclo que se encerra”, comentou Paulo André, em discurso repetido por outros jogadores do Corinthians. Muitos deles deverão também sair com a confirmação do retorno de Mano Menezes, encarregado de reformular o elenco.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Paulo André reconheceu que o Corinthians voltou a bater cabeça na noite festiva no Pacaembu
Emocionado com as homenagens que recebeu, Tite também voltou a argumentar sobre os motivos do mau desempenho do Corinthians no Campeonato Brasileiro. “É claro que queríamos ter jogado melhor hoje. Ficamos em cima durante todo o segundo tempo (quando o volante Willians, do Inter, foi expulso), mas não encontramos soluções. A falta de um pivô nos dificulta muito. Com o Guerrero, tínhamos um aproveitamento de G-4 ou G-5”, lamentou, recordando a lesão do peruano.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade