Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Perto de sair, Danilo questiona reformulação no Corinthians

Helder Júnior São Paulo (SP)

O meia Danilo é um dos jogadores que deverão deixar o Corinthians em 2014. Aos 34 anos, o veterano não acredita que uma reformulação no elenco seja essencial para o técnico Mano Menezes ter sucesso no lugar de Tite na próxima temporada.

“Não é por aí. Esse time já mostrou que tem qualidade, que é vitorioso. Futebol é momento. Tivemos um ano cansativo, com dois títulos, além de ter saído da Libertadores daquela forma (com atuação polêmica do árbitro paraguaio Carlos Amarilla, diante do Boca Juniors). Por isso, todo o mundo acabou desgastado”, comentou Danilo.

Seja qual for motivo para a queda de rendimento do Corinthians no segundo semestre de 2013, os sucessivos empates e a ineficiência ofensiva foram determinantes para a não renovação de contrato de Tite. O comandante tem lamentado o excesso de desfalques de jogadores importantes, como o centroavante Guerrero e o meia Renato Augusto, para rebater as críticas ao seu time.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Danilo dificilmente terá espaço no Corinthians de Mano, encarregado de reformular o time campeão mundial
Para Danilo, é normal que o Corinthians tenha caído de produtividade após ser campeão mundial. “É difícil a gente falar o que aconteceu. Estamos com quase o mesmo time que ganhou tudo, à exceção de um ou dos jogadores. Mas futebol é assim. Às vezes, você faz tudo o que é possível e não consegue ganhar. Por isso, digo que precisamos ter paciência e continuar trabalhando”, voltou a defender.

Danilo e seus companheiros terão apenas mais uma semana de trabalho em 2013, que terminará com o jogo com o Náutico, na Arena Pernambuco, o último pelo Campeonato Brasileiro. Após encerrar a campanha, o meia começará a pensar no seu destino no ano seguinte.

“Não sei o que vai acontecer ainda. Tenho contrato até o meio do ano que vem e quero continuar no Corinthians, mas isso não depende de mim”, lamentou. “Vamos esperar o campeonato terminar para planejar”, acrescentou.

Mesmo contrário a uma reformulação exagerada de Mano, Danilo fez média com o futuro comandante corintiano. “Ele é um grande treinador, que ficará a cargo de formar o grupo. Deve trazer alguns jogadores, é claro. Vamos continuar trabalhando para ver o que acontecerá”, declarou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade