Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Presidente aponta relacionamento como motivo para queda de Argel

Criciúma (SC)

Antenor Angeloni, presidente do Criciúma, convocou uma coletiva de imprensa para falar sobre a dispensa do técnico Argel Fucks. De acordo com ele, possíveis problemas de relacionamento foram os principais fatores que contribuíram para a não renovação do contrato do treinador com o Tigre.

“Como para o futuro o relacionamento o Argel e alguns da diretoria, não seria assim a melhor opção. Simplesmente ele já estava com os dias contados. Argel não seria nocivo ao clube. Mas tenho que convivem em harmonia com todos aqui, e a coisa não seria desse jeito se ele continuasse”, explicou o cartola.

Angeloni também rebateu a declaração de Argel após a saída do clube. Segundo o técnico, foi o diretor de futebol Cláudio Gomes que não quis sua permanência no Criciúma. Argel também disse que não oferecida nenhuma proposta para a renovação de seu contrato.

“Aqui no Criciúma, quem manda sou eu. Sempre foi desde quando eu entrei. Disse que para resolver essa situação toda teria que ser um ditador. A coisa foi muito dirigida contra o Cláudio, não sei por quê. Não entendo como o Argel agiu de maneira tão agressiva quando tinha um contrato muito claro até o dia 8 de dezembro”, disse o presidente do Criciúma.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade