Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Presidente do Goiás quer Serra Dourada lotado no duelo contra o Santos

Goiânia (GO)

O último compromisso do Goiás nesta temporada é também o mais importante do ano. Por uma vaga na Libertadores da América em 2014, o Esmeraldino enfrenta o Santos às 17 horas deste domingo. O presidente João Bosco Luz quer o Serra Dourada lotado para o duelo e pede a presença do torcedor.

“Não vou dizer que a semana é diferenciada, e sim a competição é diferenciada. É a semana que antecede o último jogo da competição e o torcedor precisa comparecer, porque só vai ver o Goiás jogando no dia 18 de janeiro. Quer dizer, são quase dois meses e vai dar saudade. É hora de comparecer e apoiar esse time. É um jogo decisivo e precisamos do resultado para classificar para a Libertadores, o que é muito importante para nós”, ressaltou o dirigente.

Além de ser uma partida decisiva, o torcedor esmeraldino ainda pode ter outro fator motivador para comparecer ao confronto de domingo: uma promoção de ingressos. Os preços praticados durante o campeonato, que estavam entre R$ 40 e R$ 80 na arquibancada e cadeiras, podem cair. O presidente se reunirá com os demais dirigentes nesta semana para resolver a questão.

“Vamos avaliar. Como vocês sabem, não defino nada sozinho. É claro que na nossa reunião vou ponderar a importância do jogo e a importância de fazermos algo a mais para o torcedor comparecer ao jogo. Provavelmente faremos uma promoção, mas ainda não está definido. Vamos avaliar, sim, uma promoção para motivar nosso torcedor”, revelou João Bosco Luz.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Pelo Campeonato Brasileiro, Goiás venceu as últimas cinco partidas disputadas no Serra Dourada

O Verdão da Serra ocupa a quarta colocação, com 59 pontos. Para garantir um lugar na principal competição continental, o Goiás precisa subir uma posição no Campeonato Brasileiro, portanto tendo que ultrapassar o Atlético-PR. Caso vença o Santos e o Furacão seja derrotado pelo Vasco, o Esmeraldino consegue a vaga. Já se terminar o torneio nacional em quarto, o time goiano corre o risco ver a sua vaga com a Ponte Preta em um possível título da Copa Sul-americana.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade