Futebol/Copa São Paulo de Juniores - ( - Atualizado )

Prevendo dificuldades ao Timão na Copinha, Loss evita apontar revelação

Vítor Dalseno, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

Contratado em setembro para treinar a equipe sub-20 do Corinthians, o técnico Osmar Loss será o responsável por comandar o Timão na próxima Copa São Paulo de Juniores. Incumbido da missão de revelar jogadores para o time profissional, o gaúcho evita apontar publicamente algum atleta que esteja pronto para ser treinado por Mano Menezes e fazer parte do elenco principal em 2014.

“Não há jogadores prontos. Independentemente da idade, o jogador continua em plena evolução. A gente cansa de ver atletas estourando com 25 ou 26 anos porque nesse período eles adquiriram a maturidade e as condições técnica e tática necessárias. Quais deles estão preparados para sofrer a pressão de uma equipe principal como a do Corinthians, a gente conversa internamente, para que a pressão não comece antes disso (a profissionalização) acontecer”, disse o treinador após o treinamento desta quinta-feira, no Parque São Jorge, em entrevista exclusiva à GazetaEsportiva.net.

Ex-técnico das categorias de base do Internacional (clube em que trabalhou até se transferir para o Timão), Loss revelou ter recebido, desde 2010, três convites da diretoria corintiana.

“Era um momento importante para a minha carreira, vir para um grande clube, no centro do país. O Corinthians está muito satisfeito com esse princípio de trabalho nosso, e a gente, muito feliz com o que o Corinthians vem nos proporcionando”, declarou.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Loss disse que ainda não teve nenhuma conversa com Mano Menezes. Os dois trabalharam juntos no Internacional
Apesar de admitir que a prioridade do seu trabalho é fornecer jogadores para o time principal, Loss acredita ser possível aliar competitividade e formação.

“A gente pode formar bem ganhando títulos, até porque isso fomenta uma mentalidade vencedora no atleta de base. Mas é óbvio que não queimaremos etapas dos desenvolvimentos técnico e cognitivo dos atletas”, afirmou.

Os adversários na primeira fase da Copinha preocupam o treinador corintiano. O Timão está no Grupo K da competição - ao lado de Remo, XV de Piracicaba e Inter de Limeira - e estreia contra os paraenses dia 5 de janeiro, às 19 horas, no estádio Major Levy Sobrinho, em Limeira.

“O Remo foi semifinalista da Copa do Brasil sub-20. O XV a gente enfrentou quatro vezes no Campeonato Paulista e sempre foi um time que nos causou dificuldades – classificou-se na nossa frente. A Inter de Limeira é uma incógnita, porque não disputou os campeonatos sub-20. Por passarem apenas um e mais alguns segundos colocados (os melhores por índice técnico), a gente acha que será uma chave difícil”, disse.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade