Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Raí recebe maior honraria francesa das mãos do presidente Hollande

São Paulo (SP)

O ex-jogador Raí foi homenageado na última quinta-feira pelo governo francês devido aos serviços prestados no esporte e na cidadania, devido ao projeto social Fundação Gol de Letra. Em visita ao Brasil para compromissos oficiais, o presidente François Hollande entregou ao brasileiro o título Cavaleiro da Ordem da Legião da Honra, a maior honraria francesa.

Revelado nas categorias de base do Botafogo-SP, Raí ingressou no mundo do futebol com a benção do irmão mais velho Sócrates, ídolo do Corinthians. Em 1988, o meia-atacante foi contratado pelo São Paulo e construiu história vitoriosa com os títulos do Campeonato Brasileiro (1991), Copa Libertadores da América (1992 e 1993) e Mundial de Clubes (1992).

Divulgação
Raí recebeu das mãos de François Hollande o título de Cavaleiro da Ordem da Legião da Honra
Após o bicampeonato da Libertadores, Raí foi negociado com o Paris Saint-Germain e rapidamente se tornou um dos maiores jogadores da história do clube da capital francesa ao vencer um Campeonato Francês, duas Copas da França, uma Supercopa Francesa e uma Recopa Europeia.

Em suas duas últimas temporadas em Paris, Raí pôde reencontrar Leonardo, parceiro dos tempos de Morumbi. A dupla voltou a fazer sucesso em solo europeu e resolveu levar a parceria também para fora dos gramados com a Fundação Gol de Letra. O trabalho social, ao lado dos números expressivos no esporte, fez o governo francês condecorar o jogador aposentado desde 2000.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade