Futebol/Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Renato fala em tom de despedida, mas deixa permanência em aberto

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

O tom utilizado por Renato Gaúcho após a vitória sobre o Goiás foi despedida. Com o objetivo de ir à Libertadores cumprido, o técnico do Grêmio se despediu de jornalistas e torcedores após o confronto, e afirmou que vai conversar com a direção para ver se há a possibilidade de permanência para o ano que vem. Como sempre muito confiante, respondeu sem pensar duas vezes a um repórter se ele renovaria com o próprio Renato, caso fosse presidente.

“Sem dúvida renovaria. O futebol é resultado”, disse Renato, que completou: “queria agradecer muito o torcedor do Grêmio, independente de eu ficar ou não. Ele sempre esteve comigo e com a equipe. O torcedor está sempre no meu coração. Agradeço essa força nesses cinco meses. Hoje precisamos muito deles, e eles vieram nos apoiar”, disse Renato, que, apesar do tom, negou que esteja se despedindo dos gremistas.

O técnico admitiu que o Grêmio não apresentou um futebol bonito durante o Brasileirão, mas comemorou a vaga na Libertadores, confirmada neste domingo: “estamos devendo futebol bonito? Sim, estamos devendo. Mas não é só o Grêmio: o futebol brasileiro está devendo. O Grêmio foi eficiente, conseguiu vaga na Libertadores e depende só de si para chegar ao vice-campeonato. Tem time que fez muito mais gols que nós e vai assistir o Grêmio na Libertadores pela TV no ano que vem”, provocou.

Divulgação/Grêmio
Após a vitória sobre o Goiás por 1 a 0, no último domingo, Renato Gaúcho classificou o Grêmio à Libertadores

Renato negou que a direção já tivesse falado em números para sua renovação de contrato. Segundo ele, há um traidor dentro do próprio clube, que repassa notícias erradas, aproveitadas por alguns jornalistas: “vocês têm que acreditar no que o presidente, eu e a diretoria falamos, mas alguns preferem acreditar no X-9. Nós sabemos quem ele é. Então, perguntem ao X-9. Vocês vão quebrar a cara, esse cara acha que está lá dentro, mas não sabe nada”, disparou o técnico.

Com a vitória sobre o Goiás, o Grêmio foi a 64 pontos e garantiu um lugar no G-3 do Brasileiro. Mesmo que a Ponte Preta ganhe a Copa Sul-Americana, o Tricolor estará na Libertadores. A briga, agora, é pela vaga direta. Três pontos à frente do Atlético-PR, o time gaúcho só perde o vice-campeonato e um lugar na fase de grupos do principal torneio continental se perder para a Portuguesa e o Furacão derrotar o Vasco, no próximo domingo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade