Futebol/Bastidores - ( )

Renato Gaúcho vê dever cumprido e lamenta confusão em Joinville

São Paulo (SP)

Renato Gaúcho cumpriu o seu dever no Grêmio. Talvez um dos maiores responsáveis pela reação do time nesta temporada, o técnico comemorou o empate sem gols com a Portuguesa, na tarde deste domingo, no Canindé, e a classificação direta para a fase de grupos da Libertadores.

“Cumprimos o nosso dever. Foi um jogo sonolento, mas tivemos algumas chances. O mais importante é que o resultado foi bom para a gente”, celebrou, exaltando o vice-campeonato da Série A. O único que superou os seus comandados foi o campeão, o Cruzeiro.

Renato Gaúcho só fechou a cara para lamentar a briga na Arena Joinville, onde torcedores de Atlético-PR e Vasco forçaram a paralisação do jogo entre os dois times. Quatro torcedores foram levados ao Hospital São José, sendo que um deles está em estado grave.

“É muito triste, ainda mais no Século XXI. Tem que ter uma punição, porque o torcedor vai ao estádio para aproveitar, mas acaba pagando o pato por conta de alguns delinquentes. Não deixo minha família ir. Minha filha só foi naquele dia porque era na Arena e estava com muitos seguranças”, explicou.

Carol Portaluppi marcou presença em uma das partidas da equipe em Porto Alegre, chamando muita atenção de torcedores e jornalistas. Atualmente fazendo faculdade no Rio de Janeiro, a filha do comandante do Grêmio também acumula trabalhos como modelo, provocando ciúmes no pai.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade