Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Renovação de Baier já não é mais dada como certa no Furacão

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

A comemorada – pela torcida e pelo jogador – renovação de contrata do meia Paulo Baier com o Atlético Paranaense, que já era dada como certa, agora ganha ares de novela e já não está tão próxima de acontecer. Reunião do Conselho Deliberativo rubro-negro, nesta terça-feira, votou pela não permanência do maestro na Baixada.

O questionamento foi feito pelo presidente Mário Celso Petraglia, que em outubro, em entrevista à ESPN Brasil, declarou que o jogador não fazia parte dos planos para 2014 por causa da idade e pelas poucas, ou nenhuma, conquista com a camisa atleticana.

Porém, pressionado pelo torcedor, o dirigente voltou atrás e anunciou um acordo verbal com os empresários de Baier. A derrota na final da Copa do Brasil, diante do Flamengo, no entanto, mudou o quadro. Petraglia ficou irritado com a atuação do time e elegeu alguns culpados. O primeiro deles foi o lateral Pedro Botelho, afastado no grupo na última rodada do Brasileirão.

Já o maestro, que não conseguiu ser decisivo e teve uma atuação apagada, foi cobrado por sua apatia. Baier, que nesta temporada marcou o 100º gol na era dos pontos corridos do Brasileirão e foi fundamental para o time alcançar a vaga na Libertadores, agora poderá ter que buscar outro time para o ano em que deve anunciar sua aposentadoria.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade