Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Ricardo Gomes quer digerir desgaste da queda antes de pensar em 2014

Curitiba (PR)

O torcedor do Vasco, realmente, não sabe o que esperar para 2014 além da certeza de que disputará a Série B do Brasileiro. O diretor executivo Ricardo Gomes conversou rapidamente com jornalistas na saída da Arena Joinville e afirmou não ser possível, ainda, planejar a próxima temporada.

“Vamos sentir esse desgaste da queda, ela vai machucar muito ainda. É um momento muito triste”, afirmou o dirigente, que se limitou a, praticamente, repetir as palavras usadas pelo presidente Roberto Dinamite em pronunciamento. “Nossa obrigação é trabalhar para recuperar a grandeza do Vasco.”

Ricardo Gomes disse ter, ainda, só ideias para o ano que vem. O planejamento deve se firmar em reunião nos próximos dias, quando ficará definido se Adilson Batista continuará como técnico do clube na segunda divisão nacional, assim como a montagem do elenco.

“Vamos conversar sobre tudo na terça-feira”, limitou-se a dizer o dirigente, apressando-se em caminhar para o ônibus com os jogadores, que embarcaram sem dar entrevistas na saída dos vestiários da Arena Joinville depois da derrota por 5 a 1 para o Atlético-PR.

Antes, ao lado de Roberto Dinamite, Ricardo Gomes ouviu o presidente dar um curto pronunciamento no qual somente lamentou não somente o rebaixamento, mas também a briga entre torcedores dos dois times nas arquibancadas, e também prometeu trabalho.

De acordo com a programação divulgada pelo Vasco, o elenco passaria a noite em hotel em Curitiba antes de embarcar para o Rio de Janeiro nesta segunda-feira. O clube caiu com a terceira pior campanha ao longo de 38 rodadas do Campeonato Brasileiro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade