Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Roberto de Andrade impõe prazo para deixar diretoria do Corinthians

São Paulo (SP)

Diretor de futebol do Corinthians, Roberto de Andrade já estipulou um prazo para deixar seu cargo. Tudo indica que o mandatário se desligará do clube em janeiro, para se dedicar às suas empresas e planejar uma futura candidatura à presidência alvinegra, em fevereiro de 2015, para suceder Mário Gobbi. Andrade manifestou o interesse de sair da diretoria logo após o Campeonato Brasileiro, mas foi convencido pelos mandatários a participar das negociações por novos jogadores, bem como promover contato com o novo técnico, Mano Menezes.

“Conversamos e achamos por bem eu continuar. Queria ter saído antes. Não sei se deixo a diretoria daqui a um mês ou um pouco menos, mas esse é o prazo para eu me afastar”, expôs Andrade, em entrevista à Rádio Transamérica.

Neste contexto, Duílio Monteiro Alves, atual diretor adjunto do departamento de futebol, deve ser seu substituto. Recentemente, a presidência renovou o contrato do gerente Edu Gaspar e manifestou interesse de contar com o ex-lateral Alessandro. Em janeiro, o capitão do título do Mundial Interclubes, em 2012, conversará com Mário Gobbi para decidir seu futuro cargo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade