Futebol/Copa Sul-Americana - ( - Atualizado )

Schelotto projeta título argentino e diz: “Os melhores venceram!”

Lanús (Argentina)

Na noite desta quarta-feira, o Lanús voltou a vencer um título continental depois de 17 anos, ao bater, em casa, a Ponte Preta, por 2 a 0 e conquistar a Copa Sul-Americana, sucessora da Copa Conmebol, mesma taça que os argentinos ergueram em 1996.

O treinador da equipe, Guillermo Barros Schelotto, acostumado com títulos internacionais – foram 10 com o Boca Juniors como jogador -, comemorou seu primeiro na nova carreira e já projeta mais vitórias, incluindo uma que pode vir nesta semana.

“Agradeço aos torcedores e também aos nossos jogadores. Sem eles não estaríamos aqui. Acredito que os melhores venceram e no domingo nós temos mais uma final”, disse, referindo-se à última rodada do Campeonato Argentino, em que o Lanús também busca o título.

No torneio nacional, a situação é um tanto mais complicada. Segundo colocado, os campeões sul-americanos precisam de uma vitória fora de casa sobre o Newell’s Old Boys e de um tropeço do San Lorenzo, líder da competição, que encara o Vélez, também fora de casa.

AFP
Vitorioso como jogador, Schelotto quer agora fazer história como treinador no Lanús

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade