Futebol/Mundial - ( - Atualizado )

Segundo título mundial do São Paulo completa duas décadas

São Paulo (SP)

Foi em 12 de dezembro de 1993, há 20 anos, que o São Paulo conquistou seu segundo título mundial. Comandado por Telê Santana, o time bateu o Milan por 3 a 2, em Tóquio, após vencer a Copa Libertadores, a Recopa Sul-americana e a Supercopa da Libertadores no mesmo ano.

O adversário, na realidade, deveria ter sido o Olympique de Marseille, mas o clube francês havia sido punido por corrupção. Com gols de Palhinha, Toninho Cerezo e Muller, o São Paulo bateu o vice-campeão europeu Milan.

A escalação são-paulina naquela tarde (horário local, madrugada no Brasil) foi composta por Zetti; Cafu, Válber, Ronaldão e André Luiz; Doriva, Dinho, Toninho Cerezo e Leonardo; Palhinha (Juninho Paulista) e Muller.

SPFC - Site Oficial
Time comandado por Telê Santana venceu o Milan com gols anotados por Palhinha, Toninho Cerezo e Muller
O primeiro título mundial havia sido conquistado no ano anterior, também sob comando de Telê Santana. O rival naquela ocasião foi o igualmente poderoso Barcelona, da Espanha. Vencer os dois europeus motivou piada do são-paulino Ronaldão.

"No ano passado, o supertime era o Barcelona. Neste ano, o Milan. Agora eu pergunto: se eles eram supertimes, o que é o São Paulo, afinal?", caçoou o zagueiro, duas décadas atrás.

O terceiro - e até agora último - troféu do Mundial conquistado pelo São Paulo foi em 2005. Em uma competição de fórmula diferente, com representantes de todos os continentes, o time dirigido por Paulo Autuori e liderado principalmente pelo goleiro Rogério Ceni venceu o Liverpool, na decisão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade