Futebol/Mercado - ( )

Sem futuro definido, Luan diz que torcida do Verdão o quer de volta

William Correia e Vitor Dalseno* Caieiras (SP)

Luan fez parte do Cruzeiro campeão brasileiro neste ano porque, ainda em janeiro, se cansou de ouvir tantas críticas da torcida e pediu para sair do Palmeiras. O empréstimo para os mineiros, porém, acaba no dia 31 e o atacante não sabe onde vai jogar em 2014. Como ainda tem contrato com o Verdão, já fala mostra esperança em uma quase inédita aprovação nas arquibancadas.

“Foram poucos torcedores que me vaiaram. Acredito que a maioria da torcida do Palmeiras vai ficar contente se eu voltar”, disse o jogador, certo do que está falando. “Isso me deixa feliz, porque fiz o meu melhor pelo Palmeiras”, continuou.

A passagem de Luan pelo Verdão, contudo, é marcada pela cobrança da torcida desde sua contratação em 2010. O então técnico Luiz Felipe Scolari bancou o jogador, criticado por deficiências técnicas principalmente ao dar assistência e finalizar, e convenceu o presidente Arnaldo Tirone a contratá-lo em definitivo.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Atacante atua em jogos beneficentes enquanto empresário não garante saída do Palmeiras
O atacante está vinculado ao clube até 2015 e, por isso, trata de se contentar com um possível retorno. Além do Cruzeiro, Inter e Grêmio já manifestaram interesse nele, mas, se não houver definição, sua obrigação será se apresentar a Gilson Kleina, técnico que foi contra a sua liberação no início deste ano.

“Se não houver acerto em nenhum lugar, terei que voltar. E aviso que não tenho preferência ainda. Terminei a temporada feliz e contente no Cruzeiro, um clube bom, campeão brasileiro. Mas o Palmeiras terá ano de centenário, isso me deixa um pouco em dúvida”, expôs, mudando o discurso que adotava de querer renovar com a Raposa.

São alternativas que o atacante encontrou enquanto Magrão, seu empresário, não consegue encontrar uma equipe para ele - o próprio agente já admitiu que a ideia é não jogar no Verdão. “Deixo tudo na mão do meu empresário, não falei com clube nenhum. A definição fica entre o Palmeiras e o meu empresário. Só espero que definam logo, antes de acabar as férias, para eu saber para onde ir”, falou Luan.

*especial para a GE.net

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade