Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Sem protestos, Botafogo volta ao Rio abatido com derrota para o Coxa

Gazeta Press Rio de Janeiro (SP)

A delegação do Botafogo retornou ao Rio de Janeiro na manhã desta segunda-feira e os jogadores não enfrentaram qualquer tipo de protesto no Aeroporto Tom Jobim, depois da derrota em Curitiba.

A diretoria havia reforçado a segurança no desembarque, mas nenhum torcedor foi visto no local. O goleiro Jéfferson, acusado de ter falhado no primeiro gol do Coxa, evitou falar com a imprensa.

O meia Seedorf não voltou com a delegação alvinegra. O jogador viajou direto para São Paulo para participar de um programa de televisão. A reapresentação dos jogadores está marcada para a manhã desta terça-feira, no Engenhão.

Para voltar ao G-4 e manter as chances de disputar a Copa Libertadores no próximo ano, o Botafogo precisa derrotar o Criciúma no Maracanã e torcer pela derrota do Atlético-PR diante do Vasco e por um tropeço do Goiás na partida contra o Santos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade