Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Siemsen admite erros e tenta intensificar mudança de filosofia

Rio de Janeiro (RJ)

O Fluminense conquistou dois títulos brasileiros contando com forte investimento de seu patrocinador. Porém, o presidente do clube, Peter Siemsen, demonstrou que o clube deve ter cada vez menos influência de seu investidor. Depois do rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro, o mandatário afirmou que seguirá com seu novo projeto.

“O Fluminense vem mudando sua filosofia, sua organização, e vem trabalhando bastante com longo prazo. Isso não vai mudar, vai se intensificar. Erros aconteceram e atrapalharam bastante. Alguns não eram controlados só por nós, como as contusões. Tivemos mudanças de técnicos e resultados muitos ruins”, afirmou.

O Tricolor começou a temporada sob o comando de Abel Braga, mas o treinador não resistiu ao mau início no Brasileirão e acabou demitido. Em seguida, Vanderlei Luxemburgo foi contratado, mas, como não conquistou resultados convincentes, também deixou a equipe, para a chegada de Dorival Júnior, que não salvou o time do rebaixamento.

Photocamera
Presidente do Fluminense quer intensificar "organização financeira" do Fluminense (Foto: Fernando Cazaes)
Siemsen, que foi reeleito no mês passado na presidência do time, promete expor na terça-feira os planos do Fluminense para a próxima temporada, mas já deixou transparecer que o clube não deve fazer grandes contratações.

“Assim que saí do vestiário, já passei a trabalhar para 2014 e vamos continuar cada vez mais implementando a cultura da organização financeira, com investimento em infraestrutura e melhoria cada vez mais da base”, encerrou.

 

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade