Futebol/Copa Libertadores da América - ( - Atualizado )

Técnico do Deportivo Quito não vê missão impossível contra o Bota

Rio de Janeiro (RJ)

Para colocar de vez os pés no grupo 2 da Copa Libertadores da América, o Botafogo terá de passar pelo Deportivo Quito na fase eliminatória. O time equatoriano reconhece a força do time brasileiro, principalmente se o holandês Clarence Seedorf for mantido no elenco, mas lembra que não é impossível derrubar os alvinegros e entrar na fase de grupos.

"O Botafogo que terminou em quarto lugar no Campeonato Brasileiro e vai nos dar muito trabalho para. Somos uma equipe pequena que tem uma situação econômica complicada, mas isso faz parte do futebol. Vamos em busca do nosso objetivo”, projetou o técnico Juan Carlos Garay, em entrevista ao site El Universo

Quem levar a melhor dos confrontos no Rio de Janeiro e em Quito garantirá passagem para o grupo 2 da Libertadores, competição que o Botafogo não disputa há 17 anos. Os chilenos da Unión Española ocupam o posto de cabeça de chave e já têm a companhia dos equatorianos do Independiente José Terán. O representante da Argentina também não está definido.

Despedida – Alguns torcedores do Botafogo puderam se despedir do clube em 2013 na manhã deste sábado. Em confraternização de fim de ano na sede de General Severiano, sócios do clube disputaram peladas contra o departamendo de marketing e jornalistas que cobrem o dia a dia do Glorioso. Os ídolos Maurício, Luizinho Quintanilha e Mendonça prestigiaram o evento.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade