Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Titular do Santos, Geuvânio comemora sequência com a 11 de Neymar

Santos (SP)

Em termos de conquistas, o ano de 2013 não ficará marcado na história do Santos. Além de perder o título paulista para o arquirrival Corinthians, o Peixe ainda teve de se reconstruir após a demissão de Muricy Ramalho e a saída de Muricy Ramalho. Efetivado como técnico dos profissionais com a missão de promover jogadores da base, Claudinei Oliveira tornou titulares jovens como Gustavo Henrique, Alison e Geuvânio, que ganhou uma vaga no ataque santista na reta final do Campeonato Brasileiro.

“Para o Santos, não foi um ano excelente. A torcida está acostumada a ganhar títulos, e neste ano, infelizmente, não deu. Mas eu não posso reclamar. Vinha treinando para completar grupo. Se faltava algum lateral ou atacante, chamavam o Caveirinha (apelido do jogador). Terminar o ano como titular é uma satisfação enorme, ainda mais com a camisa que era do Neymar”, disse Geuvânio, atual camisa 11 santista, em entrevista coletiva concedida no CT Rei Pelé, nesta quarta-feira.

O “Caveirinhha”, como o atacante ficou conhecido nas categorias de base do Santos, ganhou a disputa com Willian José, Everton Costa e Gabriel, e vem atuando como titular desde a 33ª rodada, quando o Peixe enfrentou o Vasco no Maracanã.

Ivan Storti/Santos FC
Aos 21 anos, Geuvânio "Caveirinha" conseguiu primeira sequência de partidas pelo Santos em 2013
Em relação à última partida do ano, contra o Goiás, no estádio Serra Dourada, Geuvânio mantém o discurso dos outros santistas, afirmando que a equipe pretender terminar o ano “com dignidade”.

“Os jogadores têm frisado isso: terminar bem o ano, alcançando essas três vitórias seguidas. Vamos entrar em campo com a mesma determinação, jogando para ganhar”, afirmou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade