Futebol/Campeonato Inglês - ( - Atualizado )

United começa mal, mas vence o Hull City de virada por 3 a 2

Kingston upon Hull (Inglaterra)

Na manhã desta quinta-feira, o Manchester United visitou o Hull City no estádio Kingston Communications, na partida de abertura da 18ª rodada do Campeonato Inglês. O atual campeão nacional saiu atrás do placar, tomando dois gols de Chester e Meyler nos primeiros 13 minutos, mas conseguiu a virada com Smalling, Rooney, e Chester (contra).

Com a vitória, o time de Manchester chega a três vitórias seguidas no torneio e se aproxima de uma vaga nas competições europeias. O United agora ocupa a sexta colocação, com 31 pontos e precisa secar Newcastle e Tottenham para manter o posto. Já o Hull City, que não vence há cinco rodadas, permanece na 12ª colocação, com 20 pontos, mas ainda pode perder posições dependendo dos demais resultados.

O Hull City passa a pensar no duelo contra o Fulham, às 13 horas deste sábado, quando recebe o time londrino no estádio Kingston Communications pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Inglês. Após tomar dois gols em 13 minutos, anotados por Chester e Meyler, os Red Devils conseguiram a virada com Smalling, Rooney e Chester (contra).

AFP
Smalling fez o primeiro do Manchester United e abriu caminho para a virada dos Red Devils
O jogo – O time da casa chegou ao gol logo no primeiro lance de perigo, aos quatro minutos, quando o zagueiro Chester aproveitou sobra de bola após escanteio cobrado na área e bateu de pé esquerdo para estufar as redes de De Gea. Na segunda chegada do time da casa à área adversária, o meio-campista Meyler teve seu primeiro chute afastado, mas o segundo contou com o desvio de Evans para ampliar o placar para o Hull City ainda aos 13 minutos.

Mas o Manchester United não se abalou com a vantagem e contou com a nona assistência de Rooney no torneio para diminuir. Em cobrança de falta levantada pelo atacante aos 19 minutos, o zagueiro Smalling subiu mais do que a defesa do Hull City e cabeceou no canto direito de McGregor. Na sequência, Welbeck quase empatou com outro cabeceio, mas a bola passou à direita. A pressão aumentou com chute de Cleverley de fora da área, mas o goleiro do Hull City espalmou para escanteio.

Aos 25 minutos, o United se recuperou do mau começo e chegou ao empate com Rooney. O dono da camisa 10 tabelou com Welbeck e, de pé direito, mandou uma bomba de fora da área para acertar o canto direito do goleiro McGregor. Os minutos seguintes ao gol de empate não tiveram a mesma intensidade apresentada anteriormente, mas o Manchester United teve melhores números até o intervalo, com 63% de posse de bola e oito finalizações

AFP
Na rodada pós-Natal, Chester não teve bom dia e foi de herói a vilão ao fechar o placar com gol contra
No segundo tempo, o Hull City chegou a acertar a trave em cabeceio de Alex Bruce após escanteio cobrado por Huddlestone, aos 18 minutos. Mas foi o United que fez o terceiro e virou a partida em gol contra do zagueiro Chester, que tentou cortar cruzamento fechado com cabeceio, mas mandou para as próprias redes, aos 21 minutos.

No restante do jogo, o Hull City se lançou ao ataque e deixou espaços para os Red Devils aproveitarem contra-ataques, mas nenhum deles levou grande perigo a McGregor. O time da casa, por sua vez, quase chegou ao empate aos 42 minutos, quando De Gea saiu mal do gol e a bola ficou viva dentro da área. Minutos depois, na última chance do time da casa, Chester teve a oportunidade de igualar o marcador, mas o goleiro do United de redimiu do lance anterior e fez a defesa.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade