Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Vice-presidente da Lusa não acredita em erro do jurídico do clube

São Paulo (SP)

Roberto dos Santos, vice-presidente de futebol da Portuguesa, se pronunciou a respeito da possível escalação irregular do jogador Héverton na última rodada do Campeonato Brasileiro, quando a equipe rubro-verde empatou em 0 a 0 com o Grêmio.

Em entrevista ao canal Sportv, o dirigente lusitano afirmou que o departamento jurídico do clube informou que a punição ao jogador havia sido de apenas um jogo e não de dois, como diz a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) à procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Ao averiguar o caso no regulamento, a Lusa informou que as suspensões em competições da CBF passam a valer apenas quando são publicadas em um edital. No caso de Héverton, o registro foi feito no edital de segunda-feira, às 18h45, consequentemente, só valeria para o próximo compromisso rubro-verde em torneios nacionais.

Caso o STJD decida pela punição da Portuguesa, a equipe perde três pontos pelo erro e mais um ponto do jogo contra o Grêmio, o que causaria seu rebaixamento e a permanência do Fluminense na Série A do Campeonato Brasileiro.

 

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade