Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Acertado com o Cruzeiro, multa elevada atrasa ida de Neilton a BH

Do correspondente Diego Diegues Santos (SP)

Ao que tudo indica, o Cruzeiro deverá contar com o reforço de Neilton somente em maio deste ano, data em que se encerra o contrato do atacante com o Santos. O presidente celeste, Gilvan de Pinho Tavares, afirmou que o clube alvinegro pediu um valor muito alto para liberar o atleta antes do fim de seu vínculo.

"O Santos já disse que aceita liberar o jogador antes de maio, mas mediante uma indenização muito alta. Outros clubes brasileiros e até da Europa estão interessados no atleta, mas tenho a esperança que aquela preferência que ele e o empresário demonstraram de vir para Belo Horizonte, continue prevalecendo até maio e que dessa forma ele acabe vindo para o Cruzeiro", afirmou Gilvan Tavares, em entrevista a Rádio Itatiaia.

O atacante, que voltou a ser relacionado pelo time sub-20 do Santos para disputa da Copa São Paulo de Juniores, já conheceu a Toca da Raposa II e os possíveis futuros companheiros. Neilton e seu empresário foram liberados pelos dirigentes santistas para acertarem salários com o Cruzeiro e também conhecerem as dependências do clube, porém não querem perder o jogador sem nenhum benefício.

Com a recusa do Santos em liberar o atleta antes do término do contrato, Gilvan Tavares acredita que o entusiasmo do jogador e de seus representantes seja decisivo para a confirmação da contratação em maio. "Segundo eles, têm todo interesse de colocar o atleta aqui no Cruzeiro. Se continuar com o esse interesse, o contrato dele termina em maio e aí sim podemos firmar o contrato com o atleta. Não vamos apressar as coisas e atrapalhar o nosso bom relacionamento com o clube dele", disse.

Copinha – O treinador dos Meninos da Vila, Pepinho Macia, elogiou a atitude do atleta ao aceitar entrar em campo pelo Santos diante do Atlético-MG, em partida válida pela semifinal da Copa São Paulo de Juniores.

“Se não me engano, o Neilton fez 20 jogos pelo profissional, a maioria como titular, mas tem uma cabeça legal, apesar de estar passando por uma situação complicada, com a torcida pegando no pé e essa situação de indefinição. Todo dia converso com ele. É difícil, mas está sendo muito homem encarando jogar no sub-20 em momentos decisivos. Sendo que está com o contrato acabando em maio e desceu para a equipe de juniores”, disse o treinador, em entrevista ao programa Arena SporTV.

Por causa de uma torção no tornozelo direito, Neilton é dúvida para a final contra o Corinthians, que será realizada neste sábado, às 10h, no Pacaembu. Em virtude da contusão, o atacante não tem participado dos treinos com bola, optando pelo tratamento intensivo com gelo acompanhado de fisioterapia.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade