Futebol/Bastidores - ( )

Adryan chega ao Cagliari comparando a Sardenha com o RJ

Cagliari (Itália)

Nesta quinta-feira, o meia Adryan, cria da base rubro-negra, desembarcou na Sardenha, onde foi apresentado oficialmente pelo Cagliari-ITA. Emprestado por um ano, o ex-flamenguista comparou a ilha italiana com o Rio de Janeiro e projetou sucesso em seu primeiro desafio internacional.

“Quero ir bem para ser recordado com carinho pelos torcedores, retribuindo a confiança que o presidente Massimo Cellino depositou em mim. A Sardenha é muito parecida com o Rio de Janeiro. Sinto-me quase em casa”, sintetizou o meia, de 19 anos.

Adiante, Adryan expôs otimismo ao observar o primeiro trabalho com bola de seus companheiros: “Eles me receberam de braços abertos. Minha primeira impressão é de um time muito bom, com grandes jogadores. Cossu e Ibraimi foram os que mais me impressionaram. Não vejo a hora de começar a jogar”, ressaltou.

Identificado como atleta do clube onde jogou Zico, o meia foi enfático ao apresentar suas características: “Sou um meia-atacante que joga entre as linhas. Atuar pela direita ou esquerda não é problema. Porém, o futebol europeu é muito diferente do brasileiro. Assim, quero ganhar experiência e crescer profissionalmente”, apontou.

Na temporada passada, defendendo o Rubro-Negro, Adryan esteve em campo durante 22 oportunidades. Sendo quatro pelo Campeonato Carioca, quatro pela Copa do Brasil e 14 pela elite nacional. Porém, não balançou as redes em nenhuma delas.

Divulgação
"A Sardenha é muito parecida com o Rio de Janeiro. Sinto-me quase em casa”, sintetizou Adryan

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade