Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Agora na Lusa, Giovanni e Caio Mancha projetam 2014 com mais chances

Tarcísio De Lucca, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

A Portuguesa representa mais chances para o meia Giovanni e o atacante Caio, emprestados por Corinthians e Palmeiras, respectivamente. Apresentados pela Lusa nesta sexta-feira, no Canindé, ambos comemoraram, mas se esquivaram sobre os jogos contra os ex-times.

“Esse ano vai ser fundamental pra mim, tenho certeza que vai ser o meu ano. Vou poder jogar mais do que quando era do Corinthians, até porque o elenco estava cheio de grandes nomes, jogadores consagrados. Quero aproveitar e ajudar a Portuguesa nas competições”, disse Giovanni.

Já Caio até chegou a disputar a Libertadores pelo Verdão na última temporada, mas acabou caindo no esquecimento do técnico Gilson Kleina. “Sou mais um, só que com um pouco mais de experiência. Vou colocar isso em prática, treinar firme e ficar à disposição do treinador (Guto Ferreira)”, projetou.

Neste domingo, às 17 horas (de Brasília), o time rubro-verde e o Timão medem forças pela estreia do Campeonato Paulista. Impedido de reencontrar a ex-equipe por conta de uma cláusula contratual, Giovanni desconversou: “É meio difícil, né. Mas espero que o melhor vença, a Portuguesa no caso”.

Enquanto isto, o atacante se mostrou ainda com um pé no Palestra Itália, não revelando preferência no duelo marcado apenas para a 12ª rodada do Estadual. “Ah, vou ficar dividido, mas vamos ver o que acontece. Talvez um empate”, encerrou Caio.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade