Futebol/Balão de Ouro da Fifa - ( - Atualizado )

Alemã supera Marta e norte-americana na disputa pela Bola de Ouro

Zurique (Suíça)

Destaque da Alemanha na Eurocopa feminina no último ano, na qual foi peça fundamental para a seleção de seu país conquistar seu sexto título continental consecutivo, a goleira Nadine Angerer fez história. Nesta terça-feira, em evento realizado no Kongresshaus, em Zurique (Suíça), a germânica superou a brasileira Marta e a norte-americana Abby Wambach e recebeu a Bola de Ouro da Fifa (Federação Internacional de Futebol Associado).

Aos 35 anos, Angerer recebeu os prêmios da mão da norte-americana Mia Hamm, um dos principais nomes da história da modalidade. Com a vitória, a alemã, que atua pelo Brisbane Roar e defende a seleção de seus país desde 1996, se tornou a jogadora mais velha a receber o troféu, incluindo a disputa entre homens.

Criada pela Fifa em 2001, a eleição de melhor jogadora do mundo acontece em conjunto com a revista France Football desde 2010. Apesar da derrota neste ano, Marta segue como principal vencedora do troféu, obtendo cinco títulos consecutivos entre 2006 e 2010. Além disso, a brasileira ainda foi finalista em outras cinco oportunidades.

Considerada um dos principais nomes da história do futebol feminino, a alemã Birgit Prinz, aposentada desde 2011, faturou o troféu em três anos consecutivos (2003, 2004 e 2005) e ficou na segunda colocação em cinco anos (2002, 2007, 2008, 2009 e 2010). Outra atleta importante deste esporte, a norte-americana Mia Hamm teve êxito duas vezes (2001 e 2002).

AFP
Aos 35 anos, Nadine Angerer quebrou recordes ao ser eleita melhor jogadora do mundo em 2013

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade