Futebol/Paulista - ( - Atualizado )

Apesar de otimismo, Odílio se impacienta e fixa prazo para ter Vargas

Santos (SP)

Um dos jogadores mais cobiçados pelo Santos para a próxima temporada, o atacante chileno Eduardo Vargas, ex-Grêmio, mas que pertence ao Napoli, da Itália, precisará ter a sua situação definida rapidamente se quiser ser jogador do Peixe em 2014. Nesta quarta-feira, durante a apresentação de Oswaldo de Oliveira como novo treinador alvinegro, no CT Rei Pelé, o presidente em exercício do clube, Odílio Rodrigues, se mostrou impaciente e disse que, se a contratação de Vargas não for definida nos próximos dias, desistirá de tentar trazê-lo à Vila Belmiro.

De acordo com Odílio, o Santos enviou uma proposta ao Napoli e a Vargas, mas as negociações estão “arrastadas”. Assim, ele pedirá para que o superintendente de esportes do Peixe, André Zanotta, apresse os envolvidos no negócio para que o desfecho seja (ou não) definido.

“A negociação do Vargas se mantém. O que o Santos tinha que fazer, já fez: uma proposta para o Napoli e para o jogador. Mas eu tenho verificado que tudo está muito arrastado. Cansa vocês, cansa o torcedor, interfere no planejamento. Vamos dar um prazo curto para definir, senão vamos desistir”, declarou o dirigente.

Divulgação/Grêmio F. B. P. A.
O ex-atacante gremista Eduardo Vargas precisa chegar a um acordo com o Napoli para ser anunciado no Santos

Em seguida, porém, Odílio revelou que, em conversas recentes com Zanotta, foi informado de que o chileno e o Napoli teriam chegado a um acordo em relação ao tempo de empréstimo, o que facilitaria a negociação com o Santos. “Pelo que o André me disse ontem, o Vargas e o Napoli conversaram e se acertaram. Mas eu pedi para que o Zanotta determinasse um prazo. Esperamos, então, uma resposta hoje (quarta-feira) deles. Isso deve evoluir”, declarou.

Esta negociação com o Napoli ainda deve envolver a chegada do zagueiro Bruno Uvini, ex-São Paulo, que não vem tendo espaço na equipe italiana. Odílio admitiu que o defensor interessa ao Santos e que tem boas chances de ser contratado por empréstimo por um ano. “O Bruno Uvini não está tendo oportunidades lá e viria para cá, então estamos negociando a vinda dos dois juntos. Os valores são separados no negócio, mas pretendemos ter os dois juntos”, esclareceu, em referência ao zagueiro e a Vargas.

Além deles, o Santos ainda pode acertar com o meia Lucas Lima, que está no Internacional, nos próximos dias. Até aqui, os únicos reforços já contratados pelo Peixe para a temporada são o treinador Oswaldo de Oliveira e o atacante Leandro Damião. O primeiro foi apresentado no CT Rei Pelé no início da tarde desta quarta-feira, enquanto o segundo vestirá a camisa do Peixe pela primeira vez na quinta, em evento realizado no Centro Histórico de Santos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade