Futebol/Copa Libertadores - ( )

Derrotado em Quito, Fogão mostra otimismo: “Tem time para reverter"

Rio de Janeiro (RJ)

A estreia não foi como o torcedor botafoguense esperava. A euforia pelo retorno à competição continental após 18 anos deu lugar à insegurança de talvez amargar uma eliminação na Pré-Libertadores. Nesta quarta-feira, o Glorioso foi derrotado por 1 a 0 pelo Deportivo Quito, fora de casa, mas o discurso dos jogadores ainda é de otimismo.

Para deixar o torcedor ao lado da equipe nestes dias que antecedem o jogo da volta, os jogadores não se abateram com o resultado no Equador e mostraram confiança em uma possível virada, principalmente pela qualidade do Botafogo – bastante superior ao Deportivo Quito.

“Teremos que fazer e não levar, mas a gente tem time para reverter lá no Rio”, disse o capitão Jefferson, um dos responsáveis por evitar uma derrota ainda maior em Quito. Com o time bem abaixo do que era esperado, o goleiro fez defesas importantes e não permitiu um placar mais elástico.

“Temos grande possibilidade de reverter a situação no Brasil. Temos que colocar a bola no chão, trabalhar mais no campo de ataque. Teremos tempo para trabalhar e tudo vai dar certo”, avaliou o meia Lodeiro, que teve muitas dificuldades no campo de ataque e pouco produziu.

Agora, para reverter a vantagem equatoriana, o Botafogo aposta no seu torcedor, que deve encher o Maracanã na próxima quarta-feira, novamente às 22 horas (de Brasília). Antes do primeiro jogo em Quito, 14 mil ingressos já haviam sido comprados pela torcida alvinegra.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade