Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Após 2013 'frustrante', Rondinelly crê: "Portuguesa será projeção"

Tarcísio De Lucca, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

Apresentado pela Portuguesa nesta sexta-feira, no Canindé, o meia Rondinelly, emprestado novamente pelo Grêmio, sabe que este ano de 2014 deverá ser um marco na sua carreira: no ano passado, o jogador atuou pelo Palmeiras, mas teve pouquíssimas chances com o técnico Gilson Kleina.

“Minha vinda pra Portuguesa é uma projeção pra minha carreira, realmente. Vim para buscar meu espaço e reencontrar meu bom futebol. Vou dar meu melhor pras portas se abrirem. Juntamente com os outros atletas, vou tentar fazer um bom campeonato”, disse o jovem durante o evento.

Djalma Vassão/Gazeta Press
No Palmeiras, Rondinelly quase não foi usado por Kleina, e, agora, Lusa surge como vitrine
Com 22 anos de idade, o armador foi revelado pelo Vila Nova e acabou chamando a atenção de Vanderlei Luxemburgo. Mas a experiência ainda era necessária. A expectativa era a de que a passagem do Verdão pela segunda divisão do Campeonato Brasileiro ajudasse, mas isto não aconteceu.

Mas, nesta temporada, Rondinelly terá um conhecido na Lusa: o atacante Caio Mancha, outro cedido pelos palmeirenses. Ele, inclusive, não poupou elogios a Rondinelly. “É um excelente jogador, tem boa qualidade técnica e vai ser um bom reforço pra gente nesse Paulista”.

No domingo, às 17 horas (de Brasília), a Portuguesa estreia no Estadual. O primeiro adversário será o Corinthians, mas Rondinelly, sem regularização, ainda não poderá debutar. O Ituano, na quarta que vem, deverá ser o primeiro desafio do meio-campista.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade