Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Após sair atrás de novo, Kleina alerta que virada nunca é garantida

Sorocaba (SP)

Pela segunda vez em três jogos no ano, o Palmeiras saiu atrás no placar. Como contra o Linense, na estreia no Paulista, o time conseguiu virar sobre o Atlético Sorocaba neste domingo, mas Gilson Kleina não fez só elogios aos seus comandados, ressaltando que nem sempre será possível buscar o resultado depois de levar gol.

“São dois jogos, mas temos que estar atentos. Não é toda hora que acontece isso, temos que frisar”, insistiu, enfatizando falhas mesmo com três vitórias em três partidas na temporada. “Continuamos com erros, mas é melhor ajustar com vitórias do que com resultado adverso.”

Ao apontar qualidades, Kleina gostou de ver a tranquilidade de Marcelo Oliveira e Wendel na construção do gol de empate, marcado por Valdivia. Uma prova de que não houve desespero. “Se acontecer e continuarmos reagindo, muito bem, mas não podemos só apostar nisso. Os adversários vão evoluir, nos analisar e poderemos não reagir quando sair atrás. Ficamos contentes e alerta”, avisou.

Entre críticas e elogios, o técnico demonstra perfeccionismo. “Quero deixar o Palmeiras jogando em alto nível, mas carece de tempo e tranquilidade. Aconteceram situações que precisamos nos precaver e daqui a pouco pegamos equipe de mais qualidade. Mas estou muito orgulhoso”, comemorou.

“Foi mais uma vez importante porque o time reagiu da maneira que foi. Ter 100% de aproveitamento é importante porque, além de mais uma vitória, te dá mais confiança para continuar sua trajetória”, continuou sorrindo o treinador.

Divulgação
Kleina se enervou, mais uma vez, por sair atrás no placar (Crédito da foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade