Futebol/Copa São Paulo de Juniores - ( )

Atlético-MG aplica goleada no Aracruz na estreia da Copa São Paulo

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O Atlético-MG estreou com vitória na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Jogando neste domingo, no estádio Nicolau Alayon, na capital paulista, o Galo superou os capixabas do Aracruz por 5 a 1. Os gols do jogo foram anotados por Marcos Vinícius, Carlos (2), Rodrigão e Leonan que garantiram três pontos para o time mineiro, que iguala a pontuação do Nacional na liderança do Grupo Z da Copinha. Mano marcou o gol de honra dos capixabas.

O Atlético-MG iniciou a partida tomando a iniciativa do confronto, enquanto o Aracruz procurou explorar as jogadas de contra-ataques, levando perigo em alguns momentos contra a meta do goleiro Uilson. O gramado irregular do estádio Nicolau Alayon prejudicou as duas equipes, resultando em algumas falhas individuais, que quase resultaram em gol.

Como o Galo não conseguiu abrir o placar nos primeiros minutos, o time capixaba ganhou confiança na partida e passou a avançar as linhas de marcação dificultando a vida dos mineiros. Aos 13, Marcos Vinícius deu assistência perfeita para Carlos Henrique, mas a conclusão da jogada saiu sem força em uma boa trama ofensiva alvinegra.

A principal alternativa ofensiva do Galo na maior parte do tempo foi pelo lado esquerdo com o lateral Leonan, que apoiou bastante. A todo o momento o técnico Rogério Micale pedia a inversão de jogada para a direita, mas os atletas insistiram em jogar em apenas em uma faixa do campo. Percebendo a situação, o Aracruz reforçou a marcação em cima de Leonan e Marcos Vinicius, que procurou exploras a ponta esquerda.

Apesar de ter as rédeas do jogo, o gol atleticano só saiu aos 42 minutos com Marcos Vinicius, que aproveitou cobrança de falta ensaiada, e de fora da área mandou um petardo contra a meta do goleiro Lucas. A abertura do marcador tranquilizou o time mineiro, que aparentava nervosismo na partida.

Na volta para a etapa final, Marcos Vinicius perdeu ótima chance de ampliar, desperdiçando chance clara dentro da pequena área, chutando em cima de Lucas. Aos quatro minutos não teve jeito, e o zagueiro Rodrigão apareceu como elemento surpresa, e de cabeça, completou cruzamento da direita. Logo na sequência veio o terceiro gol com Carlos, praticamente garantindo a vitória.

O placar virou goleada com mais um gol de Carlos, que recebeu bola esticada da defesa e mostrou qualidade para balançar as redes. Completamente entregue, a equipe capixaba não conseguiu esboçar reação, sendo completamente dominada pelo Atlético-MG. Aos 37, o quinto gol saiu dos pés do lateral Leonan, que limpou a marcação e tirou do goleiro mostrando calma na finalização. O Aracruz marcou o de honra com Mano já no final da partida.

O técnico Rogério Micale escalou o Atlético-MG com a seguinte formação: Uilson (Rodolfo); Donato, Gabriel (Rodrigão), Alex e Leonan; Carlos Henrique, Eduardo, Dodô e Gustavo; Marcos Vinicius (Yago) e Carlos. Na outra partida do Grupo Z, o Nacional-SP não tomou conhecimento do Holanda-AM e venceu por 3 a 0.

Grupo N - No mesmo horário de Atlético-MG e Aracruz, Fortaleza e CRB se enfrentaram pelo Grupo N, com vitória de goleada dos alagoanos por 6 a 0. O CRB passa a dividir a liderança da chave com o Primavera-SP, que mais cedo venceu a Ponte Preta por 1 a 0, mas tem vantagem nos critérios de desempate.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade