Futebol/Copa do Mundo de 2014 - ( - Atualizado )

Blatter volta a criticar: “Brasil está mais atrasado que a África do Sul”

Paris (França)

A organização da Copa do Mundo de 2014, no Brasil, segue preocupando o principal dirigente do futebol mundial. Depois de afirmar que o País era o mais atrasado desde que ele assumiu a presidência da Fifa, Joseph Blatter disse, nesta terça-feira, que o Brasil possui uma situação mais preocupante que a da África do Sul, há quatro anos, às vésperas de sediar o Mundial de 2010.

“O Brasil está mais atrasado na preparação que a África do Sul no mesmo período”, declarou o suíço, em entrevista ao jornal France Football. “Mas não duvido que um grande país de 200 milhões de habitantes organizará um grande Mundial de futebol”, acrescentou, amenizando as críticas que já vêm se tornando recorrentes nos últimos meses.

Elas, aliás, chegaram a irritar a presidente do Brasil, Dilma Rousseff, que, por diversas oportunidades, rebateu Blatter, afirmando que o País organizaria a “Copa das Copas”. Ambos, inclusive, reuniram-se em Zurique na semana passada, e, de acordo com o mandatário da Fifa, Dilma deu garantias de que a competição se desenvolverá com normalidade. “Troquei mensagens com Dilma e ela me disse que o país estará pronto”, disse, antes de ressaltar: “Mas é a primeira vez que um país tinha sete anos para organizar um Mundial e poussi atrasos”.

AFP
Blatter se reuniu com Dilma Roussef na última semana e, nesta terça, voltou a criticar a organização do Brasil

O presidente da Fifa também comentou sobre as possíveis manifestações que ocorrerão no Brasil durante a Copa do Mundo. Elas explodiram no País, coincidentemente, simultaneamente à disputa da Copa das Confederações, no ano passado, e atormentaram os principais dirigentes do futebol mundial, que viram os estádios do torneio se tornarem pontos de aglomeração de manifestantes.

“Em 2013, era um movimento espontâneo, sem objetivo. Agora, as coisas mudaram”, afirmou. “O futebol é como as batatas, vale para tudo. Pode ser que alguns utilizem o Mundial para fazer eco. Mas quando a competição começar, e a Seleção Brasileira tentar conquistar o seu sexto título, não acho que ninguém queira prejudicar o futebol. O futebol está aí para unir as pessoas, para criar pontes”, decretou.

A Copa do Mundo de 2014 ocorrerá no Brasil entre os dias 12 de junho e 13 de julho. Até aqui, dos doze estádios previstos para sediar a competição, apenas oito estão prontos. São eles: Mineirão, Maracanã, Estádio Nacional de Brasília, Arena Castelão, Pernambuco, Fonte Nova, das Dunas, e Beira Rio. Ainda restam: Arena Corinthians, Pantanal, Amazônia e da Baixada. Esta última é a que mais preocupa os dirigentes da Fifa, que cogitam, inclusive, cortá-la do Mundial.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade