Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Brasileiros e Valencia movimentam último dia de mercado espanhol

Madri (Espanha)

Os times espanhóis não resolveram ousar no último dia do fechamento da janela de inverno do mercado europeu, com exceção de duas equipes: o Valencia, que polarizou as transferências dessa sexta-feira e o Atlético de Madri, que acertou o retorno do meia brasileiro Diego.

O ex-jogador do Santos, no entanto, não foi o único brasileiro que entrou nas negociações espanholas no último dia de janela. Revelação do Cruzeiro na última temporada, o atacante Vinícius Araújo acertou sua transferência ao Valencia, que comprou 50% de seus direitos por 3,5 milhões de euros (cerca de R$ 11 milhões).

Mesmo com a venda, o clube mineiro mostrou expectativa com relação ao futuro da carreira do atacante de 20 anos. “O Vinícius (Araújo) vai fazer um contrato de cinco anos com o Valencia e o Cruzeiro fica com 50% em uma futura venda. A gente fez isso até por acreditar muito nesse atleta”, afirmou o diretor de futebol da Raposa, Alexandre Mattos.

A chegada de Vinícius Araújo, no entanto, foi a única notícia boa que o torcedor do Valencia recebeu nesta sexta-feira. O clube espanhol perdeu o zagueiro Phillip Senderos para o Fulham, o meia Sergio Canales para a Real Sociedad e o volante Éver Banega para o Newell’s Old Boys.

Já no final do último dia de transferências, o Valencia ainda tentou trazer o zagueiro argetino Nicolás Otamendi, que defende o Porto, mas não teve sucesso. O clube espanhol também não fechou a negociação do português Ricardo Costa, que seria transferido ao Besiktas, da Turquia.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade