Futebol/Bola de Ouro - ( - Atualizado )

Campeão de tudo com o Bayern, Jupp Heynckes é eleito o melhor técnico

Zurique (Suíça)

Não poderia ser diferente. Campeão alemão, europeu e da Copa da Alemanha no comando do Bayern de Munique na última temporada, Jupp Heynckes superou Alex Ferguson, ex-Manchester United, e Jurgen Klopp, do Borussia Dortmund, e foi eleito o melhor treinador de 2013 pela Fifa, nesta segunda-feira, durante a Festa Gala, no Kongresshaus, em Zurique, na Suíça.

“Estou muito agradecido em vencer este troféu, significa muito ganhar um prêmio desses no fim da minha carreira. Isso não é apenas para mim, mas para todo o Bayern de Munique, todos trabalharam duro durante o período. Fui abençoado em poder trabalhar com jogadores de grande nível”, disse o alemão, assim que subiu ao palco para receber a congratulação.

Heynckes, que anunciou a sua aposentadoria após deixar o Bayern em junho, conquistou todos os títulos possíveis na temporada 2012/13. Na Bundesliga, o título veio com sete rodadas de antecedência, um recorde. Além desta, outras marcas foram quebradas pelo time comandado pelo alemão de 68 anos: maior número de vitórias consecutivas (14), conquista do título do primeiro turno com o menor número de rodadas (14), defesa menos vazada (18) e maior número de pontos ao fim dos 38 jogos (91).

AFP
Campeão de todos os torneios que disputou, Jupp Heynckes, de 68 anos, foi o eleito o melhor técnico do ano

Na Copa da Alemanha, o título veio com vitória sofrida diante do Stuttgart por 3 a 2. Dias antes desta conquista, porém, a equipe bávara batera o rival Borussia Dortmund por 2 a 1 e faturara o pentacampeonato da Liga dos Campeões da Europa, em Wembley, na Inglaterra. A taça serviu para alçar o Bayern ao status de melhor time do planeta, algo que foi sacramentado com a conquista do Mundial de Clubes, já sob o comando de Pep Guardiola, em dezembro do ano passado. 

Mas, que se faça justiça: Jupp Heynckes montou a sétima equipe da história a conquistar uma Tríplice Coroa no futebol europeu. A primeira a conseguir tal feito na Alemanha. Um time capaz de eliminar o Barcelona em uma semifinal de Champions League pelo placar agregado de 7 a 0. Um time para ser imortalizado na história.

Alemanha conquista prêmio também no feminino

Assim como no masculino, a Alemanha foi congratulada com o melhor treinador também no futebol feminino. A técnica da seleção germânica, Silvia Neid, de 49 anos, bateu o seu compatriota Ralf Kellermann e a sueca Pia Sundhage, e faturou o prêmio.

Multicampeã como jogadora, a comandante da Alemanha levou, em 2013, a sua seleção ao hexacampeonato europeu consecutivo, na Suécia, com uma equipe cuja média de idade foi de 23,5 anos. Ela, que comanda a seleção germânica desde 2005, ainda conta, em seu currículo, com o título da Copa do Mundo de 2007.

AFP
Hexacampeã europeia com a seleção alemã, Silvia Neid foi eleita a melhor treinadora do planeta em 2013

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade