Futebol/Copa São Paulo de Juniores - ( - Atualizado )

Com ataque inspirado, Santos bate Osasco e avança na Copinha

Do correspondente Diego Diegues Santos (SP)

Com todos os gols marcados no segundo tempo, e com ótima atuação do trio de ataque santista, o Santos não deu chances para a melhor defesa do campeonato e bateu o Grêmio Osasco por 4 a 1, nesta quinta-feira, na Vila Belmiro, em partida válida pelas oitavas de final da Copa São Paulo de Juniores. Os Meninos da Vila são os atuais campeões do torneio.

A partida começou 16 minutos atrasada, já que a ausência de uma ambulância não permitia o início do jogo. Com o problema resolvido, a bola rolou no gramado da Vila Belmiro, que mais uma vez recebeu um bom público. O duelo foi uma reedição das oitavas de final da edição passada da Copinha.

As grandes chances do primeiro tempo aconteceram por meio de bolas paradas da equipe santista, que enfrentava a melhor defesa do campeonato, e uma tarde inspirada do goleiro Gabriel, do Grêmio Osasco, que por sua vez apostava nos contra-ataques, porém sem êxito.

No segundo tempo, o time de Osasco manteve a mesma postura tática e apostava no contra-ataque, porém os Meninos da Vila voltaram mais agressivos ofensivamente, e em menos de 10 minutos fizeram dois gols, com os artilheiros Diego Cardoso e Stéfano Yuri, esse último de letra.

Antes do fim, a torcida santista ainda viu Jorge Eduardo marcar o terceiro gol para o Santos, e o Osasco diminuir com Matheus, em uma cobrança de pênalti. Na sequencia o lateral direito, Daniel Guedes anotou o quarto o gol para os Meninos da Vila, dando números finais a partida.

Nas quartas de final, os Meninos da Vila enfrentam o Taboão da Serra, que venceram sem dificuldades o Audax, de São Paulo, por 5 a 1. O time do interior está invicto na competição, com cinco vitórias em cinco jogos, tendo 18 gols marcados e seis sofridos.

O jogo - Santos era melhor na partida e dominava as ações, principalmente pelo alto. A primeira grande oportunidade de gol ocorreu aos 10 minutos. Boa jogada de Serginho pela direita e cruzamento na medida para o atacante Stéfano Yuri, que subiu sozinho, mas cabeceou para fora.

Aos 17 minutos, Jorge Eduardo fez ótima jogada pelo lado direito do campo e após bola rebatida pela zaga do Osasco, o volante Lucas Otávio apareceu sem marcação e meio desequilibrado chutou de esquerda, acertando a trave do goleiro Gabriel.

A bola aérea santista estava causando perigo ao gol do Grêmio Osasco. As principais oportunidades eram por meio da bola parada. Aos 30, falta batida pelo lateral esquerdo Zé Carlos, a bola acertou o ângulo direito do goleiro Gabriel, que espalmou para escanteio. Dez minutos depois, boa jogada ensaiada do Santos. Fernando bateu falta na cabeça de Diego Cardoso, que sem marcação cabeceou a direita do gol.

Jorge Eduardo era o melhor jogador santista no primeiro tempo. O atacante arrancou com a bola no meio-campo, e sem marcação avançou até a entrada da grande área, obrigando Gabriel a fazer boa defesa. No escanteio, cobrança bem batida por Daniel Guedes na cabeça de Naílson, que livre cabeceou para o chão. Mais uma vez o goleiro do Osasco salvou o time.

Em um contra-ataque rápido, o Osasco chegou com perigo pela primeira vez na partida. Aos 44 minutos, após falha da zaga santista, o atacante Savoia apareceu sozinho na pequena área e chutou na trave, perdendo uma chance incrível para o time de São Paulo.

Logo no início do segundo tempo, os Meninos da Vila inauguraram o marcador na Vila Belmiro. O volante Fernando recebeu na linha de fundo e tocou para Diego Cardoso. O artilheiro santista, com sete gols, driblou o adversário e chutou no canto direito do goleiro, abrindo o placar na Vila Belmiro.

Aos sete minutos, linda jogada de Daniel Guedes pela direita. O lateral avançou, penetrou pela linha de fundo e cruzou na medida para Stéfano Yuri, que de letra aumentou a vantagem para os Meninos da Vila. O gol motivou a equipe, três minutos depois, Diego Cardoso dominou a bola na entrada da área e acertou a trave, após um forte chute de direita.

Aos 23 minutos, Stéfano Yuri quase marcou outro golaço. Após bom passe de Serginho, o atacante santista tentou uma cavadinha para encobrir o goleiro adversário. A bola caprichosamente bateu no pé da trave, impedindo o segundo gol do artilheiro do Peixe.

O trio de ataque santista estava causando sérios problemas ao setor defensivo do Osasco. Aos 32 minutos, mais uma boa jogada do número 10 santista. Serginho lançou a bola em profundidade para Jorge Eduardo, que colocou na frente e chutou no canto esquerdo do goleiro Gabriel, marcando o terceiro para os Meninos da Vila

Quase no fim do jogo, o time de Osasco teve um pênalti marcado a seu favor, após Daniel Guedes derrubar o lateral Gélson na área. Na cobrança, o número 10, Matheus bateu no canto esquerdo de João Paulo, diminuindo o placar na Vila Belmiro. Porém aos 45, outra boa jogada de Serginho, que encontrou Daniel Guedes livre na área. O lateral direito driblou o defensor de Osasco, e com a perna esquerda chutou a bola no ângulo direito do goleiro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade