Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Com Lúcio e promessa de atuação melhor, Palmeiras visita Comercial

William Correia São Paulo (SP)

O primeiro jogo do Palmeiras no centenário foi de vitória sobre o Linense, mas a atuação teve como maior virtude a capacidade de superação após o adversário abrir o placar no Pacaembu. Às 21 horas (de Brasília) desta quinta-feira, em Ribeirão Preto, contra o Comercial, o time terá a estreia de Lúcio, e promete um desempenho mais satisfatório do que no sábado.

“Começo de campeonato é difícil, demora até embalar de novo e ficar como no ano passado. Mas conquistamos os três pontos e vamos aprimorando cada vez mais. O jogo contra o Comercial será muito melhor do que o da estreia”, prometeu Serginho, mais uma vez escalado entre os titulares.

Para atingir um nível que ele mesmo não considera capaz de aprovação, Gilson Kleina só trocou lesionados. A estreia de Lúcio ocorrerá já no segundo jogo porque Tiago Alves teve luxação no ombro direito. A outra novidade na escalação é Wendel, que entra na ala direita para Serginho ser adiantado e atuar no lugar de Diogo, ainda com dores na região da bacia após ser atingido por Henrique em treino.

O posicionamento será diferente, até para dar mais tranquilidade a Lúcio, que não joga desde 24 de julho. O veterano começará sua trajetória no Verdão em um 3-5-2, com Marcelo Oliveira inicialmente na zaga, mas ciente de que poderá ser volante ou lateral esquerdo de acordo com a necessidade. O meio-campo ainda terá os marcadores Renato, Wendel e Wesley, mais livre para ajudar Mazinho na armação.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Kleina montou time com três zagueiros, dois volantes e Wendel na ala direita até para facilitar a estreia de Lúcio
Embora teoricamente mais defensivo, a ideia com o esquema é manter a posse de bola e, mais uma vez, apostar em Mazinho, herói da virada de sábado, além da velocidade de Serginho e do oportunismo de Alan Kardec. No banco, para dar mais força ofensiva, Kleina terá os meias Mendieta e Marquinhos Gabriel e o atacante Leandro.

O Comercial, por sua vez, considera o seu primeiro jogo em casa como um dos principais no Campeonato Paulista. O técnico Toninho Cecílio, ex-zagueiro e dirigente do Palmeiras, recebeu o zagueiro Luiz Eduardo, do São Paulo, nesta semana para suprir a saída inesperada de Marquinhos, ex-Corinthians, por problemas particulares, mas fez mistério sobre a escalação.

Após perder do Mogi Mirim na estreia, Toninho conta com o apoio da torcida, que deve aparecer em bom número – a diretoria anunciou desconto de 50% para quem for ao estádio com a camisa do clube. Contra isso, o Verdão espera ter calma para trocar passes e impor seu jogo. “Sair perdendo como aconteceu contra o Linense não é fácil, mas viramos quando botamos a bola no chão”, lembrou Marcelo Oliveira.

Arte GE.Net
FICHA TÉCNICA
COMERCIAL X PALMEIRAS

Local: estádio Dr. Francisco de Palma Travassos, em Ribeirão Preto (SP)
Data: 23 de janeiro de 2013, quinta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Welton Orlando Wohnrath (SP)
Assistentes: Marco Antonio Gonzaga da Silva e Renata Ruel Xavier de Brito (ambos de SP)
Assistentes adicionais: Guilherme Ceretta de Lima e Jose Claudio Rocha Filho (ambos de SP)

COMERCIAL: Júlio Sérgio; Graffite, Edimar, Renê e Wilian Simões; Xaves, Marcus Winícius, Cacá e Marcelo Toscano; Leandrinho e Macena
Técnico: Toninho Cecílio

PALMEIRAS: Fernando Prass; Lúcio, Henrique e Marcelo Oliveira; Wendel, Renato, Wesley, Mazinho e Juninho; Serginho e Alan Kardec
Técnico: Gilson Kleina

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade