Futebol Internacional/Copa da Itália - ( )

Com visita de ‘atrasado’ Seedorf, Milan bate Spezia sem dificuldade

Milão (Itália)

Aguardando a chegada de Clarence Seedorf, novo treinador da equipe, que visitou o San Siro durante o segundo tempo, o Milan passou fácil pelo Spezia nesta quarta-feira, com uma vitória por 3 a 1 sobre o adversário. Comandado pelo interino Mauro Tassotti, o time garantiu a classificação para a próxima fase da Copa da Itália com gols de Robinho, Pazzini e Honda. Ferrari descontou para os visitantes.

Com voo atrasado, Seedorf, ex-Botafogo, não conseguiu chegar a tempo de assistir os gols de seu time no duelo direto do San Siro. O holandês chegou ao estádio por volta de 22 minutos do segundo tempo, quando a partida já estava decidida para os milaneses. Tassotti optou por poupar Kaká, que ficou no banco de reservas, e Balotelli, sequer foi relacionado. O jogo também marcou a estreia de Honda como titular e o primeiro gol do japonês em seu novo clube. Na próxima fase, já pelas quartas de final da competição, o Milan encara a Udinese.

AFP
Seedorf provocou aglomeração de profissionais da imprensa e torcedores enquanto deixava o aeroporto em direção ao San Siro

Jogando em casa, o Milan iniciou a partida com muita vontade, embalados pela torcida, mas com pouca organização ofensiva. Foram escassas as chances criadas no primeiro período. O time de Milão, no entanto, soube aproveitar a primeira oportunidade. Pazzini cruzou da esquerda, já aos 27 minutos, e Robinho, de cabeça, colocou o rubro-negro na frente.

Em mais uma jogada precisa, o time da casa conseguiu ampliar em menos de três minutos depois. Poli deu um belo lançamento para Pazzini, que, aproveitando a ineficiente linha de impedimento do Spezia, chutou com força dentro da área. Cirúrgico, após o gol, o Milan tirou o pé do acelerador e ainda viu Ferrari desperdiçar duas boas chances para diminuir a favor dos visitantes.

Um gol-relâmpago marcou o reinício da partida após a volta do intervalo. Em um minuto de jogo, Montolivo soltou uma bomba de longe, Leali deu rebote e Honda, oportunista, anotou seu primeiro gol pela nova equipe.

Com o placar praticamente definido, o Milan, desta vez, não relaxou. A equipe seguiu com a marcação adiantada e, apesar de criar poucos lances de perigo, não deu qualquer chance de reação adversário. O time evitou repetir o mau desempenho de domingo, quando abriu 2 a 0 sobre o Sassuolo pelo Campeonato Italiano e sofreu a virada por 4 a 2, partida que culminou na demissão de Allegri, então treinador. No entanto, os donos da casa não impediram o gol de honra de Ferrari, já aos 46, em um chute dentro da área.

AFP
Robinho foi um dos destaques da vitória do Milan sobre o Spezia e marcou o gol que abriu o placar

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade