Futebol/Campeonato Inglês - ( - Atualizado )

Comprado por valor recorde, Mata nega pressão no Manchester United

Manchester (Inglaterra)

Utilizado com menos frequência pelo treinador José Mourinho nesta temporada, o meio-campista Juan Mata foi vendido pelo Chelsea ao Manchester United por 44,7 milhões de euros (aproximadamente R$ 146,7 milhões). Após assinar o contrato com seu novo clube neste sábado, o espanhol descartou sentir pressão pelo fato de ser o atleta mais caro da história dos atuais campeões ingleses.

“Sei que este é um preço muito alto, mas estou confiante de que tudo dará certo. Farei o possível, assim como sempre tenho feito. A equipe e o treinador são muito bons, e os torcedores são incríveis. Temos todos os ingredientes para ter sucesso”, afirmou o jogador.

Com a chegada de Mourinho no início desta temporada e a contratação do meio-campista brasileiro Willian, Mata passou a ficar no banco de reservas em diversas oportunidades. O atleta espanhol disputou 17 partidas desde o início do trabalho do técnico português, sendo 14 como titular, e marcou um gol. A última vez que foi relacionado para um jogo foi em 19 de janeiro deste ano, na vitória do time londrino por 3 a 1 justamente sobre o Manchester United.

“Isso tudo é um pouco surpreendente, mas sou muito grato ao Chelsea, ao Roman Abramovich (dono do clube), aos funcionários e aos torcedores. Os últimos seis meses foram difíceis, pois não joguei tanto quanto queria, mas sempre respeitei minha equipe. Atuar pelo Manchester United é uma grande oportunidade para eu seguir em frente com minha carreira”, encerrou.

AFP
Preterido por José Mourinho, Mata se despediu do Chelsea para acertar com Manchester United

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade