Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Criciúma desembolsa R$ 500 mil e contrata artilheiro da Copinha

Criciúma (SC)

Em reformulação e ainda montando o seu elenco para a nova temporada, o Criciúma acertou a contratação do jovem atacante Gustavo, de apenas 19 anos. O jogador disputou a atual edição Copa São Paulo de Futebol Junior com o Taboão da Serra e, apesar de já ter sido eliminado, ainda é o artilheiro do torneio, ao lado de Stefano Yuri, do Santos, com nove gols. O Tigre desembolsou R$ 500 mil na negociação por 35% dos direitos do atleta.

O treinador da equipe catarinense, Ricardo Drubscky elogiou o atacante, mas ressaltou a forte concorrência que ele encontrará no time. “ O Gustavo é um jogador que me agrada. É uma aposta que todo o clube tem que fazer. Vou apostar e vou ver como vai ser. Espero que venha para somar e que seja assim. Mas eu gosto muito também do Bruno Lopes, do Vitor Michels, Rodrigo (Silva), (Fernando) Karanga. E temos mais jogadores de ataque, como o Lulinha, Lucca e outros”, declarou.

A negociação com Gustavo, que há três meses jogava apenas na várzea do estado de São Paulo, foi rápida, de acordo com o gerente de futebol do Criciúma, Guto Silva. Ele também deu a entender que, caso Gustavo não seja utilizado por Ricardo Drubscky no time profissional, poderá migrar para as categorias de base. O Tigre é o atual vice-campeão da Copa do Brasil sub-20 e disputará importantes competições desta categoria em 2014.

“O Gustavo foi observado por alguns representantes nossos, e o arremate na negociação foi feito pelo Armando Desessards, que viajou a São Paulo e viu o potencial do atleta. A negociação foi rápida. Ele vai se apresentar ao profissional, embora seja um atleta que pode jogar na categoria de base também. Neste ano nós temos muitas competições inferiores, e vamos ter que reforçar a nossa base”, afirmou Guto Silva.

O Tigre não informou a duração de contrato com o jovem. O que se sabe, porém, é que o Criciúma adquiriu 35% dos direitos do atleta. Gustavo detém 30% do próprio passe e o Taboão da Serra conta com os 35% restantes. Dependendo do rendimento do jogador, no entanto, o time catarinense pode pagar mais R$ 500 mil para somar 50% - 15% a mais do percentual do Taboão, que ficaria com 20%. Ainda não há data oficial para a apresentação do atacante.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade