Futebol/Mercado - ( )

Cruzeiro aguarda acordo com Vilson e pode liberar Léo e Victorino

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

A diretoria do Cruzeiro negocia a contratação do zagueiro Vilson, que defendeu o Palmeiras na Série B do ano passado, e um dos motivos para levar o atleta para a Toca da Raposa é que Léo e Victorino podem estar de saída do clube. O diretor de futebol, Alexandre Mattos, confirma que o time celeste tem propostas para liberar os defensores, mas ainda não decidiu se eles ficam ou não em Belo Horizonte.

"Temos uma situação do Victorino que pode sair, estamos analisando. Tivemos uma proposta pelo Léo também e estamos analisando. Vamos ver se o melhor caminho é a saída ou permanência dele", disse Alexandre Mattos em entrevista à Rádio Itatiaia.

O uruguaio Victorino se recuperou de lesão recentemente e perdeu espaço no Cruzeiro, sendo apenas a quarta opção para o setor, já que Bruno Rodrigo e Dedé são titulares e Léo seria o reserva imediato. Caso o acerto com Vilson seja confirmado as chances de pelo menos um dos dois zagueiros deixar o clube é grande.

"O Cruzeiro fez um contato e há grande possibilidade do Vilson vir na próxima segunda-feira, no mais tardar terça-feira, fazer exames médicos. Se isso se concretizar, é um jogador que pode nos reforçar", explicou Alexandre Mattos, que enfrenta a concorrência do Internacional e de um clube da Europa para contratar Vilson.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade