Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Dal Pozzo exalta competitividade e não liga para pressão da Série A

Chapecó (SC)

O treinador Gilmar Dal Pozzo valoriza a intensidade dos primeiros treinamentos do elenco da Chapecoense neste começo de ano. O técnico afirma que o time continua competitivo e não se mostra preocupado com a maior cobrança que o clube sofre nesta temporada, já que disputa pela primeira vez a primeira divisão nacional.

“Se nos queixarmos que a Série A é ruim ou não fez bem para nós, então não temos ambição de crescer profissionalmente. Quando cheguei aqui, no primeiro dia fui pressionado. Poucos me conheciam, então eu era pressionado na Série C, era pressionado no Veranópolis, na Série B, e agora, na Série A, mais ainda”, afirma Dal Pozzo.

Divulgação
Treinador analisou o momento do elenco na primeira entrevista coletiva neste ano (foto: Aguante/Chapecoense)

O treinador usa estes primeiros treinos do ano para avaliar os novos reforços, tentando adaptá-los da melhor forma no elenco da Chape. Com a chegada de novos nomes, o elenco não chega a ficar inchado, mas aumenta consideravelmente em número. A quantidade não é problema para a comissão técnica e Dal Pozzo garante que os atletas suarão a camisa, independente da qualidade do elenco.

“Seremos competitivos sim, porque é o meu jeito de trabalhar. É o nosso jeito. Competitividade é uma coisa, qualidade a gente vai ver na sequência, porque vão chegar outros jogadores. Estes que aqui estão treinam bem, bastante concentrados, buscando o limite“, completa.

A Chapecoense entra em campo pela primeira vez neste ano para enfrentar o Juventus, fora de casa, na primeira rodada do Campeonato Catarinense. A partida será realizada no próximo dia 25, mas ainda não tem horário definido.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade