Futebol/Bastidores - ( )

Decidido a permanecer no Fluminense, L.Euzébio exalta Renato Gaúcho

Rio de Janeiro (RJ)

Na próxima temporada, o Fluminense terá a baixa de dois zagueiros: Anderson, que acertou com o Ceará, e Digão, que rumou para a Arábia Saudita, onde defenderá o Al Hilal. Neste contexto, ao lado de Gum e dos jovens Elivélton e Wellington Carvalho, o experiente defensor Leandro Euzébio, titular nos títulos brasileiros de 2010 e 2012, é um dos pilares da equipe tricolor no setor. O jogador declarou que recebeu propostas para deixar as Laranjeiras, mas enfatizou o desejo em permanecer no clube, além de celebrar a chance de trabalhar com o técnico Renato Gaúcho.

“Tive duas propostas para deixar o Fluminense, mas tenho contrato até o fim do ano e quero cumpri-lo. Em 2014, estou junto, a não ser que o Fluminense não me queira, tenho contrato e quero ficar. Porém, o time não depende só de dois zagueiros. Temos um grupo, e esse grupo tem que se fechar. Se não fechar, fica frágil. Se tivermos um elenco forte, focado naquilo que tivemos em 2010, 2011 e 2012, vamos ter sucesso.”, expôs o zagueiro, em entrevista à Rádio Brasil.

Adiante, Leandro Euzébio fez questão de exaltar o novo técnico tricolor, Renato Gaúcho, a quem não poupou elogios: “Assim como o Dorival Júnior, o Renato Gaúcho é um excelente treinador, que está chegando para nos ajudar. Sempre tive vontade de trabalhar ao seu lado. Espero que ele possa nos ajudar para buscarmos os títulos”, ressaltou.

Por fim, o defensor fez questão de comentar a polêmica envolvendo a permanência do Fluminense na Série A, com o rebaixamento da Portuguesa, e o retorno do meia argentino Darío Conca, ídolo da torcida tricolor: “A escalação irregular vai ser um pouco lembrada no começo, mas depois vai ser esquecida. O Fluminense estava certo, estava na lei. A Portuguesa que colocou um jogador irregular. Qualquer outra equipe estaria no seu direito, como o Fluminense esteve. Já o Conca é um grande jogador. Em 2010, ele carregou a equipe nas costas e vai nos ajudar. Vai estar focado com o grupo para nos ajudar e buscar o que não foi buscado no ano anterior. Não só ele, como o Fred, que vem se esforçando nos treinamentos”, completou.

O Fluminense estreia no Campeonato Carioca no dia 19 de janeiro, domingo, às 17 horas (de Brasília), diante do Madureira, no estádio Conselheiro Galvão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade